PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Movimento de bandeirantes no Brasil chega aos 100 anos

Após comemoração no Ceará, bandeirantes vão ao Rio para celebrar centenário

14:27 | 12/08/2019
Movimento de Bandeirantes chegou ao Brasil em 1919
Movimento de Bandeirantes chegou ao Brasil em 1919(Foto: Divulgação)

As celebrações pelo 100 anos do Movimento Bandeirante no Brasil⁩ encerram suas programações nesta terça-feira, 13. Três representantes cearenses estão em Niterói, no Rio de Janeiro, para festa comemorativa em alusão à data. No Ceará, solenidades ocorreram na Câmara Municipal e no Círculo Militar, em 5 e 8 de agosto, respectivamente. No último sábado, 10, os festejos ocorreram no Campo do América.

As representantes do Ceará são Vera Freiras, Elenita Pinheiro e Elinalva Oliveira. A expectativa é de que elas e outras mil pessoas compareçam à solenidade no Rio. Um dos momentos mais esperados é a abertura da Cápsula do Tempo. Um cilindro de bronze com um metro de altura doado pela Marinha à Federação de Bandeirantes do Brasil. Nele estão guardados objetos, documentos, mensagens e diversas informações sobre os Bandeirantes.

A cápsula do tempo foi enterrada no Jubileu de Ouro do Movimento Bandeirante no Brasil em 1969, em um monumento de granito de mais de dois metros de altura, situado em frente à sede da Federação de Bandeirantes do Brasil no Centro do Rio.

“Sabemos que o que há é de grande marco social e histórico e que está enterrado como recado das meninas e mulheres Bandeirantes da época para os nossos jovens Bandeirantes. O restante é surpresa para todos que passaram ou ainda fazem parte da Instituição e para os brasileiros que ainda não conhecem a história do Movimento Bandeirante”, diz Mônica de Barros Nascimento, Presidente Nacional.

O movimento de bandeirantes no Ceará precisa de coordenadores. O projeto ocorre aos sábados, a partir das 14h30min, na Escola Municipal José Dias Macêdo, próximo ao Campo do América, no bairro Meireles. Os interessados devem ter acima de 18 anos. Os mais novos podem participar, mas como orientados. A idade mínima é de 6 anos. 

Movimento de Bandeirantes no Brasil

Com uma proposta educativa dirigida a crianças, adolescentes e jovens, sem distinção de credo, etnia e gênero, o Movimento Bandeirante conta com adultos voluntários na coordenação e orientação de suas atividades. Desde sua fundação, o projeto esteve presente e atualizado nas questões do mundo trabalhando pela paz, pelos direitos humanos, pela preservação do meio ambiente, pela formação da cidadania e pela participação ativa da mulher na sociedade.

2019 marca um século desde que um grupo de moças uniformizadas se reuniu em 13 de agosto de 1919, na cidade do Rio de Janeiro, e realizou a primeira Promessa Bandeirante no País.

A história do Movimento Bandeirante começa em 1909, na Inglaterra, graças a um grupo de meninas que se apresentaram para Robert Baden-Powell (B-P) durante uma Reunião Escoteira no Palácio de Cristal. Elas reivindicaram não só a mesma oportunidade oferecida aos meninos com o Escotismo, mas também a prontidão de seu fundador em pensar um movimento novo com base nos mesmos princípios e de acordo com as necessidades, possibilidades e interesses das meninas naquele momento. No Brasil, o movimento chegou em 1919.

 

Redação O POVO Online