PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

MPCE entrega à Justiça denúncia de homicídio quadruplamente qualificado contra Zé do Valério

A acusação é de homicídio com quatro qualificadoras: motivo torpe, meio cruel, impossibilidade de defesa da vítima e feminicídio.

14:40 | 08/08/2019
Zé do Valério
Zé do Valério(Foto: DIVULGAÇÃO)

O Ministério Público do Ceará (MPCE) entregou à Justiça denúncia contra o vaqueiro José Pereira da Costa, conhecido como Zé do Valério, pelo assassinato da universitária Daniele de Oliveira Silva. A acusação é de homicídio com quatro qualificadoras: motivo torpe, meio cruel, impossibilidade de defesa da vítima e feminicídio.

A denúncia foi entregue na segunda-feira, 5. O homicídio aconteceu no dia 24 de abril de 2019, no Sítio São Gonçalo, zona rural do município de Pedra Branca. De acordo com a investigação, Zé do Valério teria constrangido a vítima "mediante violência e grave ameaça, a ter conjunção carnal e prática de atos libidinosos, matando-a cruelmente, por motivo torpe e por razões da condição de sexo feminino, além de impossibilitar a sua defesa", consta na denúncia.

Conforme as informações apuradas em laudos, exames periciais e depoimentos, Daniele estava sozinha produzindo queijos artesanais quando foi abordada pelo assassino, que portava uma arma. Ele, então, a obrigou a ir até o matagal, quando teria cometido os atos criminosos. O promotor de Justiça Rafael Matos de Freitas Morais defende que a "autoria está comprovada pelas oitivas coligadas aos autos".

Zé do Valério foi procurado durante três meses pelas forças policiais. Ele foi capturado no dia 12 de julho em Buriti dos Montes, no Piaui. Ele confessou a prática do homicídio perante autoridade policial, mas negou ter cometido estupro, apesar de afirmar que tentou beijá-la e que era apaixonado pela vítima.

Redação O POVO Online