PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Caminhoneiros paralisam atividades em trecho da BR-116 no Ceará

09:05 | 22/07/2019
Grupo de caminhoneiros realiza paralisação no km 43 da BR-116, em Horizonte
Grupo de caminhoneiros realiza paralisação no km 43 da BR-116, em Horizonte(Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Um grupo de caminhoneiros realiza paralisação no quilômetro 43 da BR-116, em Horizonte, em protesto contra a nova resolução sobre a política de preços mínimos do frete rodoviário, abaixo do esperado pela categoria.

Cerca de 80 profissionais tentaram paralisar a via por volta das 6 horas, quando começou o ato, mas a obstrução foi impedida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Muitos dos manifestantes deixaram o local logo após a ação da PRF. Outros permaneceram no trecho, mas estacionaram os veículos fora da rodovia. De acordo com a PRF, apesar da movimentação, o trânsito flui normalmente.

O caminhoneiro Papillon Prado, 52, é de Brasília e roda, além do território nacional, países como Argentina e Chile. Caminhoneiro há 37 anos, diz que a atual situação da categoria é de desespero: "O que a gente ganha com frete não tá arcando com a despesa do caminhão".

"Queremos que faça valer o que foi acordado na outra paralisação. Com a entrada do novo presidente e o novo ministro dos Transportes as coisas não estão sendo feitas conforme prometido", afirma. "A nova tabela é, em média, 30% mais baixa que a anterior. O diesel também está tendo uma elevação constante e fica inviável".

"Tudo o que o ser humano usa no Brasil, alimento, tênis, tudo o que está nos supermercados nós que transportamos", continua. "É a pior crise. E não é só aqui. Argentina também depende muito do Brasil, 'los hermanos' lá também estão passando por dificuldade. Tem que ser feito algo. Tem que incentivar o consumo, a produção, o transporte. Isso aumenta o ganho da categoria".

Em nota, a PRF destaca que a manifestação tem pouca concentração no acostamento. Os motoristas tentaram abordar outros caminhoneiros para aderir ao ato e entrar no pátio do Posto Carioca 7. Equipes da PRF ainda estão no local.

Com informações do repórter Leonardo Maia/Especial para O POVO Online

Redação O POVO Online