PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Polícia Civil inaugura Núcleo de Operações com Cães para o combate ao tráfico de drogas

Os animais auxiliarão o órgão em ações de combate aos entorpecentes

22:04 | 28/06/2019
Polícia Civil inaugura Núcleo de Combate as Drogas com cães.
Polícia Civil inaugura Núcleo de Combate as Drogas com cães.(Foto: Deísa Garcêz/Especial para O POVO)

A sede da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) recebeu na tarde desta sexta-feira, 28, a inauguração do Núcleo de Operações com Cães (NOC). Os animais auxiliarão o órgão em ações de combate aos entorpecentes.

Inicialmente, o NOC contará com dois pastores belga malinois e um labrador. Os animais foram adestrados e já estão aptos para o serviço. Para além disso, o grupo é composto por cinco profissionais da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), que são treinados para conduzir as atividades.

Os agentes de segurança têm ainda curso de auxiliar veterinário, para que, em caso de urgência, possam prestar os primeiros socorros aos cães. Eles foram formados nos cursos de Cinotecnia do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM), além de passarem por outras capacitações na Bahia e Goiás.

A solenidade contou com a presença de André Costa, titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). "É mais um investimento que a gente faz na Polícia Civil para ser mais uma ferramenta de investigação, para que possamos cada vez mais prestar um serviço de segurança a população", ressaltou.

Confira galeria da inauguração

Clique na imagem para abrir a galeria

André Costa disse que o trabalho com animais já acontecia há alguns anos na PCCE. Entretanto, o órgão utilizava o espaço da Companhia de Policiamento com Cães (CPCães), da PM. "Nunca houve problema. Era um trabalho bem integrado com a Polícia Militar, mas é importante que aja essa identidade dentro da Polícia Civil”, explica.

A estrutura desenvolvida para o NOC conta com sala veterinária e administrativa, além de quatro baias independentes e espaço de treino com gramado. O local tem capacidade para receber até quatro cães.

Marcus Rattacaso, delegado geral da Polícia Civil, disse que era um desejo antigo da PCCE possuir o canil próprio, apesar de existir uma parceria com a PM e o Corpo de Bombeiros. Ele falou que os cães têm capacidade de farejar drogas sintéticas, cocaína, crack entre outras.

A inauguração do núcleo encerra os eventos da Semana Nacional de Combate às Drogas, que foi promovida pela Polícia Civil.

Durante o período, o Departamento de Assistência Médica e Psicossocial (Damps), o Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV), por meio da Divisão de Proteção ao Estudante (Dipre) e DCTD, promoveram ações pela sensibilização sobre o uso de drogas ilícitas.

Israel Gomes