PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Atividade econômica do Ceará cresce menos que a do Brasil

Expectativa de crescimento do Ceará pra este ano também foi reduzida para 1,34%; o esperado era de 2%

11:57 | 19/06/2019
.
.(Foto: Agencia Brasil)

A economia do Ceará cresce em ritmo mais lento que o do Brasil. Enquanto o Produto Interno Bruto (PIB) cearense subiu 0,2% nos três primeiros meses do ano, o do Brasil subiu 0,5%, ambos comparados ao mesmo intervalo de tempo de 2018. O índice leva em consideração, principalmente, o desempenho de três setores da produção econômica: agropecuária, indústria e serviços. 

O que mais cresceu foi a agropecuária. O percentual de evolução foi de 3,15%, no primeiro tri de 2019, se comparado a igual período do ano anterior. No entanto, essa variável tem o menor peso no cálculo do PIB, 4,49% de participação.

Outra variante, o setor de serviços mostrou, nos primeiros três meses deste ano, o segundo melhor avanço: 0,56%.  A maior queda, por outro lado, está no setor da indústria. A área fechou em queda de 2,42%. A redução refletiu-se nos segmentos da variável: extrativa mineral (-6,50%), transformação (-0,20%), construção civil (-0,28%), e eletricidade, gás e água (-10,55%).

A estimativa de crescimento do PIB cearense em 2019 é 1,34%. Em março deste ano, a expectativa era de 2%. Apesar disso, caso se confirme, o indicador do Ceará deve ser maior daquele aguardado para o Brasil, que é de 1%.

Os dados da pesquisa cearense foram divulgados, na manhã desta quarta-feira, 19, pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), do Governo do Ceará.

Com informações da repórter Irna Cavalcante

Redação O POVO Online