PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

"2017 foi o pior ano, mas desde então o Ceará tem mostrado melhorias", diz Camilo sobre Atlas da Violência

Segundo o Atlas da Violência 2019, o número de homicídios no Ceará cresceu 181% entre os anos de 2007 e 2017

16:26 | 06/06/2019

“Isso é um processo. 2017 foi o pior ano, mas desde então o Ceará tem mostrado melhorias. Vamos aguardar o resultado de 2019”. Este é o posicionamento do governador Camilo Santana sobre os dados do Atlas da Violência 2019. Segundo a pesquisa, o número de homicídios no Ceará cresceu 181% entre os anos de 2007 e 2017

A declaração foi dada por Santana na manhã desta quinta-feira, 6, durante a cerimônia do Prêmio Escola Nota Dez. O petista afirmou ainda que “há 14 meses o Estado tem reduzido o número de homicídios e, este ano, é o estado com maior queda nos homicídios no Brasil”.

Este último dado é do Monitor da Violência e foi divulgado em maio deste ano. Segundo o levantamento, o Ceará é o estado brasileiro que registrou a maior queda (57,9%) no total de assassinatos nos dois primeiros meses de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Apesar do número elevado divulgado pelo Atlas da Violência, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS) divulgou a redução no número de homicídios de janeiro a março deste ano. É o menor número de Crimes Violentos Letais Intencionais em 10 anos.

Confira áudio:

Redação O POVO Online