PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Secretaria da Administração Penitenciária contesta números divulgados pelo Monitor da Violência

De acordo com a pasta estadual, o Ceará tem, nesta sexta-feira, 24.991 presos em unidades prisionais

13:34 | 26/04/2019

Dados da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) do Ceará referentes a março de 2019 contestam as estatísticas apontadas pelo Monitor da Violência, parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. 

Divulgado na manhã desta sexta-feira, 26, o levantamento indica que a superlotação prisional no Ceará seria a quinta maior do País. O número de detentos seria 124,7% maior que a capacidade total das penitenciárias do Estado.

Entretanto, segundo os dados estaduais disponíveis para consulta pública, entre os 29.142 detentos considerados pelo Monitor da Violência, 2.369 cumprem pena em regime semiaberto com uso de tornozeleira eletrônica e 4.151, em regime aberto.

De acordo com a SAP, o Estado tem, nesta sexta-feira, 26 de abril, 24.991 presos cumprindo regime fechado. O número é 92,65% maior que as 12.972 vagas existentes em centros penitenciários, cadeias públicas e complexos hospitalares.

 Redação O POVO Online