PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Uece está entre as 100 universidades que mais reduzem as desigualdades no mundo

Nesta primeira edição do ranking, mais de 450 universidades de 76 países foram avaliadas por meio de indicadores calibrados pela THE nas áreas de pesquisa, divulgação e administração

12:29 | 05/04/2019
Nesta primeira edição do ranking, mais de 450 universidades de 76 países foram avaliadas por meio de indicadores calibrados pela THE nas áreas de pesquisa, divulgação e administração.
Nesta primeira edição do ranking, mais de 450 universidades de 76 países foram avaliadas por meio de indicadores calibrados pela THE nas áreas de pesquisa, divulgação e administração.(Foto: Tatiana Fortes/O POVO)

Promovido pela Times Higher Education (THE), o Ranking de Impacto das Universidades classificou a Universidade Estadual do Ceará (Uece) como a segunda melhor do Brasil no quesito "Redução da Desigualdade" e a 92ª do mundo.

A revista, especializada em ensino superior e a única a realizar rankings de desempenho universitário global, avalia as instituições de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que abarcam o indicador em questão.

Segundo o reitor da Uece, professor Jackson Sampaio, essa é uma grande conquista para a universidade, levando em consideração que é a primeira avaliação baseada em indicadores de desenvolvimento sustentável.

Na avaliação, fatores como o número de alunos que integra a primeira geração da família a ingressar no ensino superior, a existência de política de admissão não-discriminatória, assim como de programas de aconselhamento/apoio a alunos, servidores e professores de grupos sub-representados são levados em consideração.

Nesta primeira edição do ranking, mais de 450 universidades de 76 países foram avaliadas por meio desses indicadores calibrados pelo THE para fornecer comparações abrangentes e equilibradas em três grandes áreas: pesquisa, divulgação e administração.

De acordo com a Folha de São Paulo, essa é a primeira vez que uma avaliação global de universidades considera também aspectos voltados à extensão universitária - ou seja, a ligação da universidade com seu entorno. Nesse aspecto, a Uece oferece, por exemplo, eventos abertos ao público e projetos de extensão para a comunidade, alcançando a média de 164 mil pessoas atendidas no último triênio.

Além disso, a Uece foi classificada ainda nos ODS de “Educação de Qualidade”, de “Saúde e Bem-Estar” e de “Parcerias e Meios de Implementação”.

Redação O POVO Online