Participamos do

Anvisa proíbe pomada para tranças da marca Ômegafix após relatos de danos oculares

O produto era fabricado e comercializado sem registro no órgão regulador, que também determinou que as unidades do cosmético fossem recolhidas das prateleiras
22:20 | Mar. 23, 2022
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização, distribuição, fabricação, propaganda e o uso da pomada para tranças da marca Ômegafix. Conforme o órgão regulador, não é possível aferir a segurança do uso da pomada. A medida, publicada na edição desta quarta-feira, 23, do Diário Oficial da União (DOU), determinou ainda o recolhimento do produto cosmético, que era fabricado sem registro.

Nas redes sociais, casos de incidentes envolvendo o produto começaram a circular nas redes sociais. Em um deles, a manicure Josiane Reis de Souza relatou danos oculares após uso do produto, sem conseguir enxergar nada dois dias após aplicação da pomada. Mirella Reis, nora da manicure, contou nas redes sociais que ela mergulhou em uma piscina no dia seguinte ao uso da pomada e quando abriu os olhos estava vendo tudo esbranquiçado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Josiane contou, em entrevista ao portal G1, que foi ao médico e constatou que suas córneas haviam sido queimadas com o uso do produto. “Estou até hoje sem enxergar. Estou usando uma lente nos olhos e aguardando a próxima consulta com o médico. A minha visão está totalmente embaçada", acrescentou em entrevista ao portal quatro dias após a aplicação da pomada.

Em nota na noite desta quarta, 23, o Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e de Inspeção Agropecuária do Rio de Janeiro (Ivisa-Rio) orientou que os usuários da pomada suspendam imediatamente o uso do produto e notifiquem eventuais ocorrências à Anvisa. As denúncias podem ser feitas por meio da página oficial da Anvisa ou pelo número 0800 642 9782.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar