Participamos do

Campanha Natal Sem Fome 2021 arrecada 384,8 toneladas de alimentos

No Ceará, o resultado não alcançou a meta de 73 toneladas de alimentos, mas foi satisfatório
14:17 | Jan. 26, 2022
Autor Euziane Bastos
Foto do autor
Euziane Bastos Repórter Estagiária de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Instituto Nordeste Cidadania (Inec)Fundado em 1993, o Instituto Nordeste Cidadania (Inec) é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que tem como foco principal o desenvolvimento sustentável de comunidades na região Nordeste do Brasil. Atua por meio de programas socioambientais nas áreas cultural, de tecnologia e desenvolvimento comunitário, atendendo crianças, jovens e adultos. é o articulador da campanha Natal Sem Fome, uma iniciativa que mobiliza anualmente colaboradores e parceiros da entidade em prol da arrecadação de alimentos. A expectativa era que o Natal de 2021 fosse a maior edição da história. E, mesmo com pandemia, o objetivo foi alcançado.

Os mantimentos foram arrecadados no Nordeste, no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Em 2020, o Inec doou mais de 47 toneladas de alimentos. No Ceará, aproximadamente 28 mil famílias foram beneficiadas com mais de 106 toneladas dos mantimentos.

Em 2021, só no Ceará, a meta de arrecadação era de 73 toneladas. O resultado foi um pouco aquém, com 66,4 toneladas, mas ainda assim representou um recorde, com 6.685 cestas básicas. Em todo o território de atuação do Inec, a meta era arrecadar 240 toneladas e foram arrecadadas 384,8. Cerca de 122.709 pessoas e 256 instituições foram beneficiadas com as doações.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"A campanha de Natal Sem Fome obteve mais uma vez um grande sucesso. A gente observa que a fome do Brasil aumentou bastante e como esse aumento, nós percebemos como as pessoas estão vulneráveis. Acredito que  isso tocou mais o coração das pessoas e ela resolveram contribuir mais", disse a diretora administrativa socioambiental do Inec, Helda Kelly Pereira.

Dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Penssan) revelam que 19 milhões de brasileiros se encontram em situação de fome no País e mais da metade dos domicílios brasileiros (55,2%, ou 116,8 milhões de pessoas) enfrentam algum grau de insegurança alimentar, seja ela leve (preocupação com quantidade e qualidade dos alimentos disponíveis), moderada (restrição quantitativa de alimento) ou grave (identificada como fome).

A fome no Ceará

No Ceará, o último levantamento do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), que traz dados coletados em 2019, indica que 44,2% dos domicílios do estado passaram por situação de insegurança alimentar. Destes, 21,2% enfrentaram insegurança alimentar leve, enquanto 12,3% conviveram com insegurança alimentar moderada. Por fim, 10,6% sofreram com a insegurança alimentar grave.

A campanha

O Natal Sem Fome já levou alimentos para mais de 20 milhões de pessoas por todo o Brasil desde seu lançamento em 1994, um ano após a fundação da Ação da Cidadania. Após dez anos sem ser realizada, a campanha voltou em 2017.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags