Participamos do

Julgamento Boate Kiss: assista transmissão do décimo dia hoje, 10/12

Julgamento da Boate Kiss entra em seu 10º dia hoje, sexta-feira, 10 de dezembro (10/12). Os trabalhos seguem para júri após oito anos e 11 meses do incêndio, ocorrido em 27 de janeiro de 2013. Assista ao vivo à transmissão do julgamento e veja as últimas notícias sobre o caso
00:05 | Dez. 10, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O julgamento do caso da Boate Kiss entra no seu 10º dia hoje, sexta-feira, 10 de dezembro (10/12), e acontece após oito anos e 11 meses do incêndio, ocorrido no dia 27 de janeiro de 2013. O julgamento é realizado no plenário do 2º andar do Foro Central I, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Já foram ouvidas testemunhas e réus; as movimentações estão atualmente na fase de debate para, na sequência, iniciar o processo de votação.

O conselho de sentença é formado por sete jurados - seis homens e uma mulher - e presidido pelo juiz de Direito Orlando Faccini Neto, da 1ª Vara de Porto Alegre. O acidente causou a morte de 242 pessoas e deixou mais de 600 feridos. Todas elas foram vítimas de um incêndio na Boate Kiss, que começou no palco da boate onde se apresentava uma banda, e logo se alastrou, provocando muita fumaça tóxica. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Julgamento Boate Kiss: onde assistir a transmissão de hoje

O julgamento do caso da Boate Kiss está sendo transmitido diariamente através do canal do YouTube do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) e no Twitter do órgão público. A transmissão está sendo dividida através de três turnos: manhã, tarde e noite. É possível assistir o julgamento ao vivo canal do YouTube do TJRS clicando aqui ou nos players abaixo, divididos de acordo com o turno atual de transmissão:

  • 9 horas (horário de Brasília) - Julgamento Boate Kiss transmissão da manhã: clique aqui para assistir ou veja no player abaixo

  • 13 horas (horário de Brasília) - Julgamento Boate Kiss transmissão da tarde: clique aqui para assistir ou veja no player abaixo

  • 19 horas (horário de Brasília) - Julgamento Boate Kiss transmissão da noite: clique aqui para assistir ou veja no player abaixo

Julgamento Boate Kiss: quem são os réus?

Os quatro réus que respondem por homicídio simples (242 vezes consumados, pelo número de mortes e 636 vezes tentadas, pelo número de feridos) são:

  • Elissandro Callegaro Spohr, ex-sócio da boate
  • Mauro Londero Hoffmann, ex-sócio da boate
  • Marcelo de Jesus dos Santos, vocalista da banda Gurizada Fandangueira
  • Luciano Augusto Bonilha Leão, produtor musical

Julgamento Boate Kiss: como vai ser?

O juiz Orlando Faccini Neto realizará o sorteio dos jurados e a resolução das questões pendentes. Após a ação, segue a fase de instrução. Ao total, serão inquiridas 19 testemunhas. Serão ouvidas, pela ordem:

  • 14 vítimas
  • 5 testemunhas de acusação arroladas pelo Ministério Público
  • e 5 testemunhas de defesa (5 indicadas por Elissandro; 5 por Mauro e 4 arroladas por Marcelo. Luciano não fez indicação)

Em seguida, haverá o interrogatório dos réus, que podem ficar em silêncio, se quiserem. Passada essa etapa, dá-se início aos debates, ocasião em que as defesas apresentarão seus argumentos aos jurados. O tempo total para essa fase do julgamento será de 9 horas. Finalizado os debates, os jurados passarão a uma sala privada, onde vão decidir individualmente, em voto secreto. De volta ao plenário, o juiz vai anunciar o resultado e proferir a sentença. A previsão é de que o julgamento dure aproximadamente 15 dias.

Julgamento Boate Kiss: o que aconteceu

>> Julgamento Boate Kiss nono dia: foram ouvidos os outros três réus, Luciano Bonilha Leão, Mauro Londero Hoffmann e Marcelo de Jesus dos Santos; também deu-se o início da etapa de debates com duas horas e meia dedicadas à acusação (Ministério Público).

>> Julgamento Boate Kiss oitavo dia: foram ouvidos Cezar Schirmer, Geandro Kleber de Vargas Guedes, Fernando Bergoli e Ricardo Lozza, encerrando a etapa de testemunhas; Elissandro Callegaro Spohr, o Kiko, foi o primeiro réu a ser interrogado; enquanto o ex-sócio da boate desabafava sobre sua situação emocional e psicológica, familiares de vítimas deram as mãos e criticam-no, proferindo frases como "ele matou nossos filhos".

>> Julgamento Boate Kiss sétimo dia: foram ouvidos o operador de áudio da banda, a arquiteta Nivia da Silva Braido, o ex-chefe do Estado Maior do 4º comando Regional dos Bombeiros e Nilvo José Dornelles, testemunha indicada por Marcelo de Jesus dos Santos

>> Julgamento Boate Kiss sexto dia: foram ouvidos Stenio Rodrigues Fernandes, Nathália Daronch, Willian Renato Machado e Márcio André de Jesus dos Santos.

>> Julgamento Boate Kiss quinto dia: foram ouvidos o informante Tiago Mutti e as vítimas Delvani Brondani Rosso e Doralina Peres.

>> Julgamento Boate Kiss quarto dia: foram ouvidos a testemunha de defesa de um dos réus, Alexandre Marques; e as vítimas Maike Ariel dos Santos e Cristiane dos Santos Clavé.

>> Julgamento Boate Kiss terceiro dia: foram ouvidos Daniel Rodrigues da Silva (testemunha de acusação); Gianderson Machado da Silva (que se tornou informante, não mais testemunha); Pedrinho Antônio Bortoluzzi (testemunha abonatória de um dos réus); e Érico Paulus Garcia (Vítima arrolada pelo MP).

>> Julgamento Boate Kiss segundo dia: foram ouvidos as vítimas Emanuel de Almeida Pastl (que comemorava o aniversário na boate com o irmão gêmeo, que faleceu), Jéssica Montardo Rosado (que estava com o irmão no local, que faleceu), o engenheiro civil Miguel Ângelo Teixeira Pedroso (que elaborou o projeto acústico da boate) e vítima Lucas Cauduro Peranzoni (DJ da boate Kiss no dia do incêndio).

>> Julgamento Boate Kiss Primeiro dia: vítima é ouvida

Boate Kiss: relembre o caso

A noite do dia 27 de janeiro de 2013 teria tudo para ser de alegria e comemoração para mais de 800 jovens no município gaúcho de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O destino era a Boate Kiss, que sediaria uma festa universitária chamada de “Agromerados”, marcando a formatura de cursos como Agronomia, Veterinária e outros, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

No palco, se apresentava a Banda Gurizada Fandangueira. Durante o show, um dos integrantes disparou um artefato pirotécnico, atingindo parte do teto do prédio, que imediatamente pegou fogo. O incêndio se alastrou rapidamente e 242 pessoas morreram e mais de 600 saíram feridas do local. A casa estava lotada, com um número de jovens que variava entre 800 e mil pessoas, embora a boate tivesse capacidade para 690 pessoas.

Desde o incêndio, as famílias dos jovens mortos formaram uma associação e, todos os anos, no dia 27 de janeiro, eles relembram a tragédia. A esperança dos familiares e dos amigos das vítimas é que a tragédia não fique sem nenhuma solução. O julgamento dos réus acusados pelo incêndio começou na última quarta-feira, 1º de dezembro (01/12). 

>> Relembre o caso da Boate Kiss: depois de 8 anos julgamento dos réus começa

>> Incêndio na boate Kiss é tema de minissérie da Netflix

>> Após seis anos, sobreviventes da tragédia na Boate Kiss se casam

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags