Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Distribuição de livros exalta culturas negra e indígena

16:58 | Set. 14, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O programa Leia para uma Criança distribuirá gratuitamente dois milhões de livros infantis este ano para escolas e creches públicas, bibliotecas comunitárias, organizações da sociedade civil (OSCs) e outros equipamentos públicos voltados para a garantia de direitos das crianças de zero a seis anos de idade. 

A superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann, disse hoje (14), em São Paulo, que, por causa da pandemia as famílias mais ricas terão acesso ao livro digital, e os livros físicos serão distribuídos para as organizações públicas que atendem crianças em vulnerabilidade social, contribuindo para o desenvolvimento das crianças mais impactadas pela covid-19. 

“É uma questão de compensação de desigualdade, não vamos esquecer que essa pandemia gerou muita fome e orfandade”, afirmou a superintendente durante entrevista coletiva para a apresentação da edição 2021 do programa. 

Desde 2010, a iniciativa do Itaú Social e do Itaú Unibanco  distribui livros direcionados a crianças matriculadas na rede pública de municípios vulneráveis, organizações da sociedade civil e bibliotecas. Em 2019, o programa recebeu pela primeira vez o Prêmio Jabuti na categoria Fomento à Leitura.

Apesar de a solicitação de livros impressos estar aberta apenas a instituições ligadas ao fomento da leitura com crianças de zero a seis anos, a expectativa é que toda a sociedade possa fazer parte do movimento indicando o programa para uma instituição elegível de sua região. Além disso, estão disponíveis os 16 títulos da estante digital  e o acervo de 20 obras já distribuídas em anos anteriores, em versões audiovisuais.

A iniciativa convoca os voluntários para ajudar na solicitação de livros físicos. “Os voluntários podem inscrever as entidades que representam e levar esses novos livros, ampliando essa mensagem para que chegue literatura de qualidade atraente”, explicou Angela. 

Visibilidade negra e indígena

O Itaú Social promoveu edital público para selecionar apenas obras que valorizem histórias, pessoas e culturas negras e indígenas. A medida reconhece o potencial da literatura para contribuir na diminuição das desigualdades e na valorização das diferenças.

Participaram editoras brasileiras com prioridade para livros de autores ou ilustradores que se autodeclaram negros e/ou indígenas. Os livros selecionados foram “Enquanto o almoço não fica pronto’, da Editora Zit, e “Os olhos do jaguar da Editora Jujuba”.

Escrito por Sonia Rosa, “Enquanto o almoço não fica pronto” conta com versos e ilustrações de Bruna Assis Brasil e faz um convite para que as crianças observem e percebam os afetos do dia a dia.

Já em “Os olhos do jaguar”, o autor de livros de literatura indígena Yaguarê Yamã conta no livro uma história oriunda das culturas dos povos Sateré-Mawé e Maraguá, passada de geração para geração. Com ilustrações, cores e formas que demonstram as riquezas da floresta, a obra aborda o relacionamento do jaguar com outros animais.

“Nesse edital decidimos escolher obras que valorizassem culturas negras e indígenas, isso não é novidade [no programa], mas houve um focalização nesse assunto, há poucas obras com essa temática no país, mesmo sendo uma população que é metade parda e negra”, disse a  superintendente.

Como solicitar

As instituições podem solicitar um kit, ou seja, os dois livros, para cada criança atendida ou matriculada. Basta acessar o site. Como os livros são destinados exclusivamente a crianças, o solicitante que não atender esse público não estará apto a participar do programa.

Podem participar secretarias municipais de Educação; creches e escolas públicas ou sem fins lucrativos; organizações da sociedade civil; bibliotecas públicas e comunitárias; centros de acolhimento e outros aparelhos públicos, como UBS (Unidade Básica de Saúde), Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Os pedidos serão analisadas e podem ser aprovados ou reprovados segundo os critérios de vulnerabilidade social do município, disponibilidade de estoque e regionalidade, entre outros. Solicitações que ultrapassem o número total de crianças matriculadas ou atendidas não serão contempladas. 

É possível pedir ainda as versões das obras em Braille e fonte ampliada para crianças com deficiência visual, e em formato audiovisual com múltiplos recursos de acessibilidade, como libras e audiodescrição. Mas, devido ao número limitado de livros nesses padrões, há prioridade para os municípios em maior situação de vulnerabilidade. As versões audiovisuais acessíveis também podem ser acessadas online, na página do programa, por responsáveis de crianças com deficiência.

   

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Zizinho completaria 100 anos nesta terça

Esportes
16:58 | Set. 14, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Se vivo fosse, Zizinho faria 100 anos nesta terça-feira (14). O craque de futebol foi ídolo de Pelé e vice-campeão mundial com a seleção brasileira na Copa de 1950, disputada no Brasil.

O meia brilhou no Flamengo, conquistando o primeiro tricampeonato da história do rubro-negro carioca (1942, 1943, 1944). Além disso, marcou 145 gols em 327 jogos.

Algoz em 2019, Vojvoda reencontra São Paulo em mata-mata pelo Fortaleza

Novo duelo
16:25 | Set. 14, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O sorteio da Copa do Brasil que definiu o confronto entre Fortaleza e São Paulo nas quartas de final garantiu o reencontro entre o técnico argentino Juan Pablo Vojvoda e o clube do Morumbi. Algoz dos paulistas na Copa Libertadores de 2019, o comandante do Leão tenta manter a invencibilidade para repetir a dose e avançar à semifinal do torneio nacional.

À frente do Talleres, da Argentina, há duas temporadas, o treinador de 46 anos encarou o São Paulo pela segunda fase da principal competição do continente - etapa prévia à fase de grupos - e levou a melhor, atingindo feito histórico com o clube de Córdoba.

No jogo de ida, na Argentina, os donos da casa levaram a melhor e venceram por 2 a 0, com gols de Ramírez e Pochettino. No segundo embate, os argentinos seguraram empate sem gols e garantiram a classificação, despachando o Soberano em pleno Morumbi.

Na atual temporada, no comando do Leão, Vojvoda já enfrentou o São Paulo mais duas vezes e não foi derrotado: vitória por 1 a 0, no dia 17 de julho, pela Série A, e empate em 2 a 2, no dia 25 de agosto, no jogo de ida da Copa do Brasil.

O novo duelo tricolor será na próxima quarta-feira, 15, às 21h30min, na Arena Castelão. Com a igualdade no jogo de ida, o vencedor da partida avança à semifinal do mata-mata nacional e embolsa premiação de R$ 7,3 milhões. Em caso de novo empate, a decisão será nos pênaltis.

Duelo argentino à beira do campo

O jogo no Gigante da Boa Vista também reserva novo embate entre os argentinos Vojvoda e Hernán Crespo à beira do campo. O retrospecto também é favorável ao comandante do Fortaleza: duas vitórias e um empate em três jogos.

Além dos dois encontros pelas atuais equipes, os compatriotas se enfrentaram em 2019, pelo Campeonato Argentino. O Talleres bateu o Banfield, de Crespo, por 3 a 1.

Retrospecto de Vojoda contra o São Paulo

  • São Paulo 2x2 Fortaleza - Copa do Brasil 2021
  • São Paulo 0x1 Fortaleza - Série A 2021
  • São Paulo 0x0 Talleres-ARG - Copa Libertadores 2019
  • Talleres-ARG 2x0 São Paulo - Copa Libertadores 2019

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza tenta quebrar jejum para alcançar vaga inédita na semifinal da Copa do Brasil

Retrospecto
15:35 | Set. 14, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em meio ao mau momento na temporada, o Fortaleza tenta quebrar a sequência de seis jogos sem vencer para conquistar uma vaga inédita na semifinal da Copa do Brasil. A equipe do Pici decide o futuro no torneio diante do São Paulo, na próxima quarta-feira, 15, a partir das 21h30min, na Arena Castelão, no jogo de volta das quartas de final.

O último triunfo do Tricolor foi no dia 7 de agosto, por 3 a 2 sobre o Palmeiras-SP, no Allianz Parque, pela Série A. Desde então, foram quatro empates - inclusive contra o clube do Morumbi - e duas derrotas. O momento de oscilação custou uma posição na classificação do Brasileirão, mas os comandados de Juan Pablo Vojvoda seguem no G-4 e com chances de classificação no mata-mata nacional.

O Leão emendou igualdades com Santos-SP, Juventude-RS e Cuiabá-MT, pelo Campeonato Brasileiro, e São Paulo, pela Copa do Brasil. No jogo de ida, na capital paulista, os donos da casa abriram vantagem de 2 a 0, com dois gols de Rigoni, mas os visitantes reagiram na reta final e deixaram tudo igual com Yago Pikachu e Romarinho.

Depois do 0 a 0 com o Dourado, na Arena Castelão, aconteceram os dois reveses. No último dia 4, o Fortaleza perdeu por 4 a 2 para o Bahia, em Salvador. Já no último domingo, 12, resultado negativo por 2 a 0 diante do Atlético-MG, no Gigante da Boa Vista - o primeiro como mandante na atual edição da Série A.

Após a série de tropeços, o foco é reagir para realizar a melhor campanha do clube no torneio. Na atual temporada, o clube já conseguiu igualar o desempenho de 2001, que era o melhor até então. Naquela ocasião, o Leão também chegou às quartas de final e foi eliminado pela Ponte Preta-SP. Desta vez, com um novo paulista pela frente, o objetivo é fazer diferente para conseguir avançar.

Com quase R$ 10 milhões já embolsados em premiação na Copa do Brasil, o Tricolor almeja superar o São Paulo para faturar mais R$ 7,3 milhões e alcançar o feito histórico. Com o empate no primeiro embate, o vencedor do duelo no Castelão garantirá classificação para a semifinal. Em caso de nova igualdade, a decisão será nos pênaltis.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Governo de SP multa Ciro, Joice e Amoedo por não usarem máscara em ato contra Bolsonaro

15:30 | Set. 14, 2021
Autor Maria Eduarda Pessoa
Foto do autor
Maria Eduarda Pessoa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governo de São Paulo multou membros do MBL (Movimento Brasil Livre), Ciro Gomes (PDT), João Amoêdo (Novo), Joice Hasselmann (PSL) e outras autoridades que participaram de manifestação na avenida Paulista neste domingo, 12, pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ao todo, 10 pessoas foram autuadas por descumprimento da lei que determina o uso de máscaras para evitar a disseminação da Covid-19.

O ato contou, inclusive, com a presença do governador João Dória (MDB), que compareceu de máscara. Além de Ciro, Joice e Amoêdo, foram notificados o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), o vice-presidente da Câmara Marcelo Ramos (PL-AM), os deputados Joice Hasselmann (PSL-SP) e Júnior Bozzella (PSL-SP), o coordenador do MBL Renan Santos e os deputados estaduais Arthur do Val (Patriota), Heni Ozi Cukier (Novo) e Isa Penna (PSOL). A informação é da coluna Painel, da Folha de São Paulo.

Bolsonaristas chegaram a questionar se o governo do estado também multaria os participantes do atos deste domingo, já que autuou o presidente e seus apoiadores por não cumprirem medidas de controle da pandemia no 7 de Setembro. No ato do feriado da Independência, Bolsonaro recebeu sua sétima autuação por descumprir medidas sanitárias.

O Estado prevê multa de R$ 552,71 para quem não usar máscara, podendo recorrer.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Em recuperação de lesão, Felipe pode reforçar Fortaleza diante do São Paulo

Camisa 15
14:48 | Set. 14, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com dois desfalques certos, o Fortaleza tenta deixar à disposição uma peça importante do esquema de Juan Pablo Vojvoda para o confronto diante do São Paulo, na próxima quarta-feira, 15, às 21h30min, na Arena Castelão, pelas quartas de final da Copa do Brasil: em recuperação de entorse no tornozelo direito, o volante Felipe pode reforçar a equipe do Pici no duelo tricolor.

O camisa 15 ficou ausente dos dois últimos compromissos do Leão, ambos pela Série A. Na derrota por 4 a 2 para o Bahia, em Salvador, o meio-campista cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Já a baixa no revés por 2 a 0 para o Galo, no último domingo, 12, ficou fora em razão da lesão.

Titular absoluto do Tricolor ao lado de Éderson, Felipe faz tratamento intensivo sob os cuidados do departamento médico desde a semana passada e tem chances de ser relacionado para o confronto decisivo, apurou o Esportes O POVO. Caso não tenha condições de ir a campo, o volante deverá ser novamente substituído por Matheus Jussa.

Vojvoda já não poderá contar com o zagueiro Marcelo Benevenuto e o meia Lucas Lima por causa do regulamento. O defensor já disputou o torneio pelo Botafogo-RJ, enquanto o camisa 25 entrou em campo pelo Palmeiras-SP. A vaga na zaga deve ficar com Jussa ou Bruno Melo, enquanto Matheus Vargas deve retornar ao meio-campo.

No jogo de ida entre Fortaleza e São Paulo, no último dia 25, no Morumbi, as equipes empataram em 2 a 2. Com o resultado, o vencedor do embate no Castelão avançará à semifinal e embolsará premiação de R$ 7,3 milhões. Em caso de nova igualdade, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags