Participamos do

Ex-BBB e No Limite, Mahmoud é criticado no Twitter por usar Grindr para ajudar Afeganistão

Medida não foi bem recebida no Twitter. Internautas acusaram ex-No Limite de tentar se promover com a situação dos afegãos
20:24 | Ago. 16, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Mahmoud Baydoun, ex-BBB e No Limite, foi criticado no Twitter após afirmar ter usado o aplicativo de paquera Grindr para oferecer ajuda aos moradores do Afeganistão. O aplicativo funciona por geolocalização e o influencer alterou sua localidade para o país asiático com o intuito de ajudar os afegãos.

Entretanto, o aplicativo não é autorizado no país. "Estou preocupado com os LGBTs do Afeganistão. Mudei a localização do Grindr pra Cabul pra perguntar se alguém precisa de ajuda, mas o app não roda lá. Tenso!", lamentou o brother. Porém, a iniciativa não foi bem recebida na rede social.

Vários internautas acusaram Mahmoud de tentar se promover com a situação no país. "Vamos supor que o impossível acontecesse e alguém te respondesse. Que tipo de ajuda você poderia dar?", questionou um perfil. "Eu estou odiando ser alfabetizada e ser obrigada à ler isso", citou outro usuário.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O tweet contava com mais de 1,7 mil comentários, 11 mil retweets e mais de 2 mil curtidas até a noite desta segunda, 16. Horas após a repercussão, o sexólogo rebateu as críticas. "'É um aplicativo de rede social'… antes de ser um serviço de namoro online. É um forma de se comunicar com alguém. Qual é o problema de vocês?!", pontuou.

Mahmoud foi o primeiro eliminado do reality show No Limite, apresentado por André Marques em 2021.

O que está acontecendo no Afeganistão?

A última semana tem sido de intensos conflitos no Afeganistão. Após a retirada total de tropas do Estados Unidos do país, o grupo extremista Talibã iniciou uma série de ataques as províncias do país. No último domingo, a capital Cabul foi tomada pelo grupo.

O POVO reuniu as principais informações sobre o conflito. Entenda aqui o que está acontecendo no Afeganistão.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags