PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Atendimento de segurança funciona normalmente no Rio Grande do Sul após incêndio em secretaria

O incêndio aconteceu na quarta-feira, 14. Dois bombeiros que trabalhavam na contenção do fogo estão desaparecidos

10:53 | 15/07/2021
Incêndio aconteceu nessa quarta-feira, 14 (Foto: Rodrigo Ziebell/GVG/Divulgação)
Incêndio aconteceu nessa quarta-feira, 14 (Foto: Rodrigo Ziebell/GVG/Divulgação)

Após ser atingida por um incêndio ontem (14), a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP-RS) afirmou hoje (15), em redes sociais, que não há qualquer prejuízo no atendimento aos cidadãos.

Segundo informa o órgão, todas as centrais de atendimento de segurança - 190 para a Brigada Militar, 193 do serviço de Bombeiros e 197 da Polícia Civil - estão operantes, apesar de uma breve interrupção durante a madrugada. O tempo que os sistemas ficaram fora do ar não foi divulgado.

O vice-governador e secretário da Segurança Pública do Rio Grande do Sul, delegado Ranolfo Vieira Júnior, lamentou o incidente e afirmou que “as polícias seguem nas ruas trabalhando forte no combate à criminalidade.”

Reafirmo: não haverá nenhum prejuízo no serviço de segurança pública prestado à população. As polícias seguem nas ruas trabalhando forte no combate à criminalidade. pic.twitter.com/x7pyAElSSd

— Ranolfo Vieira Júnior (@DelegadoRanolfo) July 15, 2021 Buscas

A Secretaria de Segurança Pública havia informado inicialmente que não havia feridos no incêndio. No entanto, por volta da 1h desta quinta-feira, verificou-se o desaparecimento de dois bombeiros que trabalhavam na contenção do fogo. Segundo o órgão, assim que houver condições de entrar no prédio, serão iniciadas buscas para confirmação de vítimas.

A Nota da Secretaria de Secretaria de Segurança Pública informa, ainda, que os serviços essenciais que eram prestados no prédio, como a instalação de tornozeleiras eletrônicas, não foram prejudicados. "Estamos trabalhando para restabelecer o atendimento telefônico a partir do Departamento de Informática do 9° Batalhão de Polícia Militar da capital", afirmou. "Todas as nossas polícias seguirão nas ruas 24 horas, mantendo toda a atividade operacional regular em todo o Estado", acrescentou.

O governador Eduardo Leite, que está em São Paulo para cumprir agenda, informou que retornará ao estado ainda hoje.