Participamos do

São Raimundo e Sergipe vencem e saem na frente nas finais de AM e SE

20:45 | Mai. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Três campeonatos estaduais de 2021 começaram a ser definidos neste sábado (15) à tarde. Nas decisões do Amazonense e do Sergipano, São Raimundo e Sergipe saíram na frente, respectivamente, de Manaus e Lagarto. Na partida de ida da final do Alagoano, o clássico entre CSA e CRB terminou empatado sem gols.

Amazonense

O São Raimundo derrotou o Manaus por 2 a 1 na Arena da Amazônia. De volta a uma final após 15 anos, o Tufão busca o oitavo título do Estadual e tem a vantagem do empate no jogo de volta, no próximo sábado (22), às 16h05 (horário de Brasília), novamente na Arena. O Gavião do Norte, que está na decisão pelo quinto ano seguido, precisa vencer por ao menos um gol para erguer a taça pela quarta vez.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A partida começou movimentada, com duas bolas na trave (uma para cada lado) e a expulsão do zagueiro Thiago Spice, do Manaus. Tudo isso antes dos dez minutos. O São Raimundo aproveitou a superioridade numérica e saiu na frente aos 18 minutos, em um golaço por cobertura do atacante Negueba. O Gavião porém, reorganizou-se após a parada técnica e empatou aos 33 minutos, com Vanilson. O atacante ficou com a sobra de uma bola rebatida pela defesa e completou livre, na segunda trave, para as redes.

Na etapa final, o Tufão voltou à frente logo aos dois minutos, outra vez com Negueba. Artilheiro do Estadual, o atacante chegou ao sexto gol ao invadir a área pela direita, escapar da marcação e concluir na saída do goleiro Gleibson. O Manaus, mesmo com um a menos, pressionou atrás do empate, sem sucesso.

Sergipano

No estádio Lourival Baptista, o Batistão, em Aracaju, o Sergipe venceu o Lagarto por 3 a 1. O triunfo dá ao Gipão a vantagem de ser campeão pela 36ª vez mesmo se perder por um gol de diferença na partida de volta, marcada para sábado que vem, às 16h, no estádio Paulo Barreto de Menezes, o Barretão, em Lagarto (SE). Para levantar a taça inédita, o Verdão tem de ganhar por ao menos dois gols de saldo.

Rumo a 36ª!

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags