Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Jovem de 22 anos é morta com golpes de taco de beisebol por ex-companheiro

Caso aconteceu no Distrito Federal e suspeito foi preso escondido na casa do pai
19:45 | Mai. 09, 2021
Autor Carlos Viana
Foto do autor
Carlos Viana Assistente Núcleo Opinião
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma jovem de 22 anos foi morta com golpes de um taco de beisebol pelo ex-companheiro, de 23 anos, no Distrito Federal. O homem foi preso na tarde deste domingo. Uma guarnição da Polícia Militar do DF o encontrou escondido na casa do pai. O crime aconteceu no Condomínio Del Lago, no Itapoã, foi notificado à 6ª Delegacia de Polícia no Paranoá. O caso é investigado como feminicídio. 

LEIA MAIS | Ceará e outros quatro estados somaram 449 casos de feminicídio em 2020

O suspeito não teve o nome divulgado. Ele já tem passagens pela polícia por crimes como roubo, furto, receptação e tentativa de homicídio. Este ano ele já havia sido detido por lesão corporal, injúria, ameaça e dano qualificado, porém acabou sendo solto em audiência de custódia mediante o uso de tornozeleira eletrônica.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS | Nem Pense em Me Matar: mulheres fazem campanha contra feminicídio

Durante as diligências policiais, a mãe do agressor informou à polícia que o filho tinha uma personalidade violenta e que havia orientado a vítima para se afastar dele. 

Durante as diligências, a mãe do autor chegou a mencionar que o filho tinha personalidade violenta e que já teria orientado a vítima a se distanciar do agressor. A Polícia Civil do DF também não informou o nome da vítima.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar