Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Após Superliga, brasileiros miram eliminatórias para Mundial de rugby

21:18 | Mai. 05, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após ser representado pela primeira vez na Superliga Americana (Slar), o rugby masculino do Brasil se volta às eliminatórias da Copa do Mundo da França, em 2023. Os Tupis, como é conhecida a seleção nacional, buscam disputar a competição pela primeira vez.

As duas primeiras etapas das eliminatórias estão previstas para Montevidéu (Uruguai), em junho. Na inicial, os brasileiros terão pela frente Chile, Paraguai e Colômbia, em formato a ser definido. Os dois melhores se unem os anfitriões uruguaios na segunda fase, que define dois classificados à fase final, que também envolverá Estados Unidos e Canadá, em novembro. Destes quatro finalistas, dois se garantem de forma direta na Copa e um disputa uma repescagem mundial, no ano que vem. Melhor seleção do continente na última edição, em 2019, a Argentina já tem vaga assegurada na França.

“É um caminho muito difícil. Teremos que ganhar de [seleções como] Paraguai e Chile, que está crescendo. Depois, do Uruguai, de quem ainda não ganhamos. O desafio é gigantesco. A maneira mais simples [de lidar] é pensarmos jogo a jogo, trabalharmos duro e chegarmos em nossa melhor versão. A pressão não precisa ser maior do que ela já é”, avaliou o capitão Felipe Sancery em entrevista coletiva nesta quarta-feira (5).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os Tupis chegam embalados pelo desempenho na reta final da primeira fase da Slar. A base da seleção masculina disputou a competição pela franquia brasileira Cobras. Além das vitórias sobre Cafeteros Pro (Colômbia), por 22 a 14, e Selknam (Chile), por 21 a 20, nas duas últimas rodadas do segundo turno, realizado em Montevidéu, a equipe teve boa atuação contra o Olimpia Lions (Paraguai), apesar de derrota por 19 a 15. Para efeito comparativo, no turno inicial, em Santiago (Chile), o time verde e amarelo havia perdido dos paraguaios por 44 a 8 e dos chilenos por 66 a 10.

#TackleESPNdeLaFecha | Por tackles como este ganó Cobras el otro día frente a Selknam

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar