PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Cliente mata comerciante que o impediu de entrar sem máscara em supermercado

O crime aconteceu na noite dessa segunda-feira, 22, logo após discussão entre o vendedor e o suspeito, que desobedecia medida sanitária imposta em decreto do estado

16:58 | 23/03/2021
Vendedor foi morto após discussão com cliente (Foto: Reproduçaõ/ Facebook)
Vendedor foi morto após discussão com cliente (Foto: Reproduçaõ/ Facebook)

Um comerciante, identificado como Daniel Pereira Santos, 24, foi morto a tiros por um cliente após ter impedido que ele entrasse em seu supermercado, localizado em Itapema, no litoral norte de Santa Catarina (SC), sem utilizar máscara de proteção. O crime aconteceu na noite dessa segunda-feira, 22, logo após um discussão ter se iniciado entre o vendedor e o suspeito, que desobedecia medida sanitária imposta em decreto do estado. As informações são do portal de notícias Uol.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, a mãe da vítima relatou à polícia que o suspeito havia tentado entrar no estabelecimento na companhia de dois homens. No entanto, Daniel percebeu que o trio não utilizava máscara e pediu para que eles se retirassem, alegando que o supermercado poderia pagar multa por não cumprir cuidados sanitários.

Após protagonizarem uma discussão, o suspeito e os acompanhantes obedeceram o pedido e saíram do local mas, por volta das 19h20min, o homem retornou e efetuou vários disparos contra o vendedor, fugindo em seguida em um Fiat Uno de modelo antigo, na cor escura. Daniel chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado a um hospital próximo, mas não conseguiu resistir aos ferimentos e veio a falecer antes mesmo do atendimento médico.

| LEIA MAIS | STF retoma julgamento da suspeição de Moro no caso Lula; assista

O 12º Batalhão de Polícia Militar registou a ocorrência confirmando que o homicídio aconteceu "após uma discussão a respeito das medidas sanitárias estaduais". Ainda segundo reportagem, até a manhã desta terça-feira, 23, equipes policiais não haviam localizado o suspeito.