PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Taekwondo: na volta dos eventos, brasileiros ganham medalhas na Europa

18:53 | 08/03/2021

Neste domingo (7), Ícaro Miguel e Milena Titoneli, da seleção brasileira de taekwondo, faturaram medalhas no Aberto de Sofia, na Bulgária. O evento marcou a retomada das competições internacionais depois de um ano de paralisação pela pandemia do coronavírus (covid-19). Já classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, Ícaro Miguel ficou com a medalha de prata e Milena Titoneli levou o bronze. 

Uma publicação compartilhada por CBTKD (@cbtkd.oficial)

A final da categoria até 87 quilos do lutador brasileiro foi contra Daniel Gomez, da Espanha. No duelo, Ícaro acabou sendo superado por apenas dois pontos de diferença no placar. Mas, o brasileiro, que havia vencido três lutas até chegar à decisão, comemorou a volta às competições e esta sua mais nova conquista. "Estar de volta às competições é algo que me deixa feliz. Fazendo uma final e conquistando uma medalha é ainda mais marcante. A gente sabe que o mundo está uma loucura, mas ver nossa esporte seguindo me deixa contente. Sei que a minha equipe e eu estamos no caminho certo até Tóquio e temos que continuar trabalhando", comemorou o atleta à assessoria da Confederação Brasileira da modalidade (CBTk).

Uma publicação compartilhada por CBTKD (@cbtkd.oficial)

Na categoria até 67 quilos, Milena venceu os dois primeiros confrontos. Só que, na semifinal, acabou caindo para Julyana Al-Sadeq, da Jordânia, e conquistou a medalha de bronze. "Foi muito bom estar de volta aos tatames. Essa competição estava com um nível altíssimo, com diversos atletas classificados ou que estão em processo de classificação olímpico. Um modelo diferente por conta do período que estamos passando, mas foi gratificante poder representar meu país", comentou a atleta. 

Edival Marques, Netinho, que também vai representar o Brasil em Tóquio não conseguiu chegar na disputa pelas medalhas. Além deles, o país também foi representado por Henrique Precioso e Gabriel Campolina. O time brasileiro contou com o suporte dos treinadores Clayton dos Santos e Diego Ribeiro.