Participamos do

Qual a diferença entre distanciamento, isolamento, lockdown, quarentena e toque de recolher?

Saiba diferenciar palavras se popularizaram desde o início da pandemia da Covid-19
13:26 | Mar. 04, 2021
Autor Ítalo Cosme
Foto do autor
Ítalo Cosme Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O POVO buscou o significado de cinco palavras relacionadas às medidas de segurança adotadas contra a Covid-19. São elas: distanciamento, isolamento, lockdown, quarentena e toque de recolher. Com o recrudescimento da pandemia, os termos voltaram ao vocabulário institucional na tomada de decisões e foram utilizados com frequência pela população.

Distanciamento

Consiste em manter o afastamento , ausentar a proximidade ou reduzir o envolvimento com algo ou alguém. 

Isolamento

Evitar qualquer tipo de contato. Nos hospitais, é a área destinada a acomodar pacientes com doenças infectocontagiosa ou de quem já contraiu. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Quarentena

Período de 40 dias  imposto para detenção ou isolamento de pessoas, veículos ou animais procedentes de locais onde há doença contagiosa. Por conta da Covid-19, alguns governos têm imposto essa medida para quem chega ao país. Popularmente, tem sido chamado de quarentena o tempo de 14 dias para observação se há manifestação de doenças nos indivíduos.

Toque de recolher

A medida, decretada por autoridades ou governos, proíbe a circulação de pessoas nas ruas após determinada hora. Em Fortaleza, o primeiro toque de recolher compreendeu período de 22h às 5h. Na entanto, desde a última semana, o toque de recolher foi ampliado para, na semana, ocorrer entre 20h e 5h.

Lockdown

A palavra em inglês traduzida para o português significa confinamento. O protocolo impede a circulação de pessoas e bloqueia o funcionamento de regiões. Também usado para proteger pessoas e sistemas de ameaças externas. Neste período pandêmico, proteção contra o novo coronavírus. 

No Ceará, o termo utilizado pelo Estado e que chega mais próximo da expressão é: isolamento social rígido, medida adotada para frear o avanço da Covid-19 no território cearense.

Nesta quarta-feira, 3, o Governador Camilo Santana (PT), ao lado do secretário da Saúde, Dr. Cabeto, e do prefeito de Fortaleza, José Sarto, anunciou 14 dias de isolamento social rígido a partir desta sexta-feira, 5. Com as restrições, veja o que pode e o que não pode funcionar em Fortaleza.

(Fontes: Michaelis Online/ Portal Justiça Brasil)

Lockdown em Fortaleza

Fortaleza entrou em 14 dias de lockdown a partir de sexta-feira, 5 de março (05/03). Na quinta, 4, o decreto com as regras sobre o que funciona na Cidade foi divulgado. O isolamento social rígido vale a partir de sexta-feira, 5 de março (05/03) até 18 de março (18/03).

Veja as regras para as várias atividades:

Entenda o novo lockdown decretado em Fortaleza

O lockdown em Fortaleza começa a partir da meia-noite (0 hora) de sexta-feira, 5. É a segunda vez que o confinamento é adotado na capital cearense. A medida foi anunciada na noite de quarta-feira, 4, em pronunciamento nas redes sociais, pelo governador Camilo Santana (PT) ao lado de José Sarto (PDT), prefeito da cidade, e do secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto.

No novo decreto, os setores da indústria e da construção civil foram considerados essenciais pelo Governo do Estado e, portanto, não devem ter as atividades interrompidas. Durante o período, a serem mantidas as regras anteriores, academias e igrejas não podem abrir ao público. Serviços e estabelecimentos poderão funcionar desde que exclusivamente por serviço de entrega, inclusive por aplicativo.

A medida ocorre após a imposição de dois toques de recolher. O primeiro limitou a circulação entre 22h e 5 h em todo o Estado. Depois, as autoridades estaduais ampliaram a restrição para o período de 20h às 5h, durante a semana. Aos fins de semana, a proibição começava mais cedo.

Apesar do lockdown em Fortaleza, também adotado por outros municípios, todo o Estado segue sob o decreto que impõe toque de recolher, reduz o horário de funcionamento de estabelecimentos e limita a circulação nos espaços públicos.

Vídeos sobre o lockdown em Fortaleza

Mais sobre lockdown

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags