PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Réveillon no RJ registra virada vazia em Copacabana e aglomeração em Cabo Frio

Prefeitura bloqueou acessos à orla de Copacabana, mesmo assim, pequenos grupos ocuparam parte da região. Já em Cabo Frio, turistas lotaram a praia

10:35 | 01/01/2021
Réveillon 2021 na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro (Foto: CARL DE SOUZA / AFP)
Réveillon 2021 na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro (Foto: CARL DE SOUZA / AFP)

Em virada de ano atípica, a lotação na praia de Copacabana, que sedia uma das festas de Réveillon mais populares do mundo, deu lugar a uma orla vazia, como medida de prevenção da disseminação da Covid-19. Nesta quinta-feira, 31 de dezembro de 2020, não houve festa oficial, shows ou queima de fogos no Rio de Janeiro.

A necessária ausência de público devido à crise sanitária foi ainda reforçada por bloqueios de acesso à praia impostos pela Prefeitura do Rio e suspensão de frotas de transporte público aos bairros que compreendem a orla carioca, do Leme, na Zona Sul, ao Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste.

Ainda assim, algumas pessoas foram vistas na areia, despedindo-se de 2020 em pequenos grupos ou isoladamente, realizando ritos religiosos, como o pular das ondas ou a oferenda de flores a Iemanjá. No entanto, equipes da Polícia Militar, do Batalhão de Choque e da Guarda Municipal do estado atuavam na prevenção de aglomerações. Mais perto da meia-noite, grupos de pessoas que estavam em prédios e hotéis nos arredores ocuparam as areias da praia.

Cristo Redentor

Na hora da virada, a estátua do Cristo Redentor abraçou 2021 com projeções especiais. Além da já aguardada contagem regressiva, imagens prestaram homenagem aos profissionais da área da saúde.

Mensagens como "Todos Pela Vida" e "Quem salva uma vida salva o mundo" foram vistas projetadas. Além disso, o Cristo "vestiu" um jaleco poucos instantes após o início do novo ano. Antes da virada, uma missa e uma vigília celebrada pelo cardeal-arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, mencionaram os 90 anos do Santuário, que serão celebrados em 2021.

Aglomeração em Cabo Frio

 

Clique na imagem para abrir a galeria

Diferentemente da movimentação em Copacabana, Cabo Frio, município na região dos Lagos do Rio, contou com lotação na orla. Apesar de também não ter havido festa organizada oficialmente pela Prefeitura do município, turistas fizeram festas particulares, inclusive, com queima de fogos.

A cidade segue decreto proibindo realização de festas em estabelecimentos comerciais e restrições ao uso da praia, além da proibição da queima de fogos. Entretanto, não houve bloqueio dos acessos à orla e pessoas desrespeitaram a medida preventiva.