PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Rio de Janeiro cancela festa oficial de Réveillon 2021

Era previsto fazer a festa da virada sem público, sem queima de fogos com a festa online e acompanhada por shows transmitidos pela TV.

08:57 | 16/12/2020
Tradicionais festas de Ano Novo, como o Réveillon no Rio de Janeiro, foram canceladas para evitar o avanço da doença
 (Foto: Fernando Maia/Fotos Públicas)
Tradicionais festas de Ano Novo, como o Réveillon no Rio de Janeiro, foram canceladas para evitar o avanço da doença (Foto: Fernando Maia/Fotos Públicas)

A tradicional festa de Réveillon realizada na orla de Copacabana está oficialmente cancelada. A Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu nesta terça-feira, 15, cancelar todas as festas oficiais de Réveillon na cidade. Segundo o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), a decisão foi para "proteção de todos" e em respeito às vítimas de Covid-19. 

O prefeito do Rio tomou a decisão após reunião com secretários onde fez um balanço do fim do mandato. "Esta é uma decisão necessária para a proteção de todos. A festa será a da esperança por bons resultados das vacinas para conter a pandemia. Será ainda um momento de reflexão sobre um ano difícil, de luta, com lamentáveis perdas de tantas pessoas. E será também hora de dar graças a Deus pelas vidas salvas", disse o Crivella. As informações são do G1.

LEIA MAIS: Réveillon 2021 em Salvador será online

+Fortaleza: Prefeitura avalia possibilidade de realizar live para celebrar Réveillon 2021

A Prefeitura do Rio reforça, em meio a questionamentos sobre  festas particulares de Réveillon e eventos em quiosques da orla, que as aglomerações continuam proibidas. Em nota divulgada na tarde no mesmo dia, a empresa de turismo do Rio (Riotur) acrescentou que o cancelamento ocorreu por causa da pandemia da Covid-19.

A Riotur disse, ainda, que embora o Réveillon 2021 na cidade tenha sido projetado em um novo formato, "neste momento a prefeitura opta pelo cancelamento do evento da virada do ano em respeito a todas as vítimas e em favor da segurança de todos".

Era previsto fazer a festa da virada sem público, sem queima de fogos e com a festa online acompanhada por shows transmitidos pela TV. A celebração iria ocorrer em pontos turísticos da cidade e não na orla, como é a tradição. Entretanto, a prefeitura avaliou que era mais seguro cancelar o evento por completo. 

Outras cidades também já anunciaram que não haverá festas de Réveillon, como Salvador.