Participamos do

Em depoimento, ex-PM disse ter achado que João Alberto estava fingindo

Beto, como a vítima era conhecida, foi morto na noite do dia 19 de novembro após ser agredido por dois seguranças do supermercado Carrefour em Porto Alegre
09:00 | Dez. 05, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em depoimento à Polícia Civil do Rio Grande do Sul, o ex-policial militar temporário Giovane Gaspar Silva, de 24 anos, disse não ter percebido que João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, estava morto e que pensou que o homem estava fingindo. 

"Constatando que João Alberto havia parado de reagir e que, ao olhar para seu rosto, estava com os olhos abertos, pensou que ele estivesse fingindo e que, a qualquer momento, poderia voltar a reagir", diz trecho do depoimento de Silva, disponibilizado pela Uol.

João Alberto, ou Beto, como era conhecido, foi agredido e morto por Gaspar e pelo segurança Magno Braz, de 30 anos. Ambos estão presos, assim como a agente de fiscalização do mercado Adriana Alves Dutra, de 51 anos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA TAMBÉM | Grupo Carrefour anuncia fim da terceirização dos serviços de segurança

No depoimento, prestado semana passada por cerca de quatro horas, o ex-PM afirma que tinha medo de que Beto estivesse fingindo a morte e voltasse a reagir. Um funcionário da empresa de segurança Vector chegou a conferir os sinais vitais da vítima e afirmou que ele estava respirando. No entanto, um cliente se aproximou e constatou que o homem estava morto.

Ainda, Gaspar disse que ficou “muito nervoso” ao notar que Beto estava morto e perguntou à Adriana sobre o resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele também negou ter escutado a vítima falar que não estava conseguindo respirar, além de negar ter colocado os joelhos nas costas de Beto, apesar de registrado em vídeo.

As informações são do portal Uol.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags