PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Helicóptero do Ibama cai no Pantanal e piloto morre em Mato Grosso

Aeronave realizava operações ambientais no combate a incêndios na região do panatanal sul-matogrossense

12:00 | 01/12/2020

Um helicóptero do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) caiu no Pantanal nesta segunda-feira, 30, próximo à divisa do estado de Mato Grosso com Mato Grosso do Sul. O piloto morreu, conforme coronel do Corpo de Bombeiros do Pará, Mauro Tadeu, que atuava na força tarefa de combate a incêndios no Pantanal. 

De acordo com o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Mato Grosso, a aeronave, de prefixo PR-HEB, realizava operações ambientais no combate a incêndios na região do Pantanal sul-matogrossense.

O Ibama publicou nota lamentando falecimento do piloto. Leia:

 

"É com grande pesar que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comunica o falecimento do nosso comandante, Mauro Tadeu da Silva Oliveira, nesta segunda-feira (30), no cumprimento da missão de combate aos incêndios florestais no Parque Nacional do Pantanal Matogrossense.

O Cmte. Mauro tinha 54 anos e era coronel da reserva do Corpo de Bombeiros. Era um piloto extremamente habilidoso e dedicado a mais de 15 anos de atuação na aviação civil, com mais de 5 mil horas de voo.

O comandante deixa um legado de grandes serviços aeronáuticos à Nação. Nossa solidariedade à esposa, filhos, família e amigos"

Em outubro, um helicóptero enviado pela Força Nacional para ajudar a controlar as queimadas no Pantanal caiu na região de Porto Jofre, em Poconé (MT), deixando três tripulantes feridos. O piloto, comandante Renato de Oliveira Souza, de 55 anos, não resistiu e morreu 20 dias após do acidente.