PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Atlético Mineiro vence o Corinthians e assume a ponta do Brasileiro

22:31 | 14/11/2020
Atlético Mineiro vence o Corinthians e assume a ponta do Brasileiro (Foto: BRUNO CANTINI)
Atlético Mineiro vence o Corinthians e assume a ponta do Brasileiro (Foto: BRUNO CANTINI)

Depois da derrota do Inter por 2 a 0 para o Santos, o Atlético Mineiro dependia apenas de si para retomar a liderança do Campeonato Brasileiro. Precisava vencer o Corinthians na Neo Química Arena, em São Paulo, na noite de sábado (14). E conseguiu. Mas não foi fácil. Aos cinco minutos da primeira etapa, o Corinthians saiu na frente. Luan, na meia esquerda, cruzou para Ramiro. O ex-jogador do Grêmio ajeitou e o garoto Davó não perdoou. Só que antes mesmo do gol já teve polêmica. O zagueiro Gil foi vencido na velocidade pelo atacante atleticano Vargas. O chileno, que estava estreando, caiu na área. Muita reclamação, mas o árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira nem analisou o VAR. Mandou o lance seguir.

O empate do Galo só foi sair aos 15 da etapa final. Em bela troca de passes, Eduardo Vargas tocou de calcanhar para o lateral Guilherme Arana. O ex-jogador do Corinthians ficou cara a cara com Cássio e fuzilou o gol do Corinthians. Aos 37, os mineiros tiveram força para virar o jogo. Keno recebeu na direita, limpou Cafu e cruzou para Marrony fazer 2 a 1. Vitória fundamental que coloca a equipe do técnico argentino Jorge Sampaoli na liderança do campeonato nacional com 38 pontos. O Corinthians é o nono com 26 pontos. O próximo desafio dos paulistas será o Grêmio, em São Paulo, no domingo (22). O Galo pega o Ceará no mesmo dia.

SÃO PAULO VOLTA DO NORDESTE COM PRECIOSOS 3 PONTOS

Na Arena Castelão, o São Paulo venceu o Fortaleza por 3 a 2. Apesar do Tricolor paulista ter sido melhor durante praticamente todo o jogo, os cearenses saíram na frente. Aos 11, David ganhou da zaga e venceu o goleiro Tiago Volpi. Mas a arbitragem só confirmou o gol depois de três minutos de análise ao VAR. Aos 39, Rodrigo Nestor fez uma bela jogada e foi derrubado na entrada da área. O Gabriel Sara bateu e fez. São Paulo e Fortaleza empatavam em 1 a 1.

Na etapa final, teve gol do Fortaleza anulado pelo VAR aos oito minutos. Gol do São Paulo marcado pelo atacante Luciano aos 15 minutos e confirmado pelo VAR somente aos 19. Aos 28, Welligton Paulista aproveitou o rebote e empatou. Mas, aos 36, o Luciano confirmou a excelente fase e marcou outra vez. Vitória tricolor: 3 a 2.

Toca no Luciano e confirma! ✅ ⚽ ⚽