PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Judô brasileiro volta a competir sexta-feira em Grand Slam, na Hungria

14:03 | 21/10/2020
Judô brasileiro volta a competir sexta-feira em Grand Slam, na Hungria (Foto: )
Judô brasileiro volta a competir sexta-feira em Grand Slam, na Hungria (Foto: )

O Circuito Mundial de Judô retorna na sexta-feira (23), com a realização do Grand Slam de Budapeste (Hungria), após mais de seis meses de paralisação, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A delegação brasileira com 18 judocas - 12 homens e seis mulheres - desembarcou ontem (20) na capital húngara, que vai reunir mais de 400 atletas de 69 países, entre eles o Brasil. 

A competição distribui mil pontos aos campeões que valem para o ranking classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão). Devido ao adiamento do evento esportivo para 2021, a corrida pela vaga olímpica foi estendida até 29 de junho do ano que vem. Apenas os 18 mais bem colocados no ranking - em cada categoria, e por gênero -  terão presença garantida nos Jogos de Tóquio.

Para assegurar a saúde do atletas e profissionais, em meio à pandemia de covid-19,  a Federação Internacional de Judô (FIJ) reforçou a testagem - atletas e comissão técnica farão quatro testes - e determinou o confinamento dos participantes em um hotel, em Budapeste.