PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Durante live, Marília Mendonça se desculpa sobre caso de transfobia

A cantora afirmou que tem prestado mais atenção em seus erros e tem tentado aprender

10:29 | 19/10/2020
Marília Mendonça convidou a ativista trans Alice Felis para participar da live 
 (Foto: Reprodução/Twitter)
Marília Mendonça convidou a ativista trans Alice Felis para participar da live (Foto: Reprodução/Twitter)

A cantora Marília Mendonça usou o espaço de sua live no último sábado, 17, para se desculpar e comentar sobre um caso em que foi acusada de transfobia. O caso aconteceu em agosto quando, em outra transmissão ao vivo, ela fez um comentário debochado sobre a sexualidade de uma mulher com a qual um de seus músicos teria se envolvido e riu da situação. "Todo mundo já sabe o que aconteceu. Eu não vim aqui para me justificar sobre nada porque não tenho razão nenhuma", disse a cantora live mais recente.

LEIA MAIS: Marília Mendonça se pronuncia após comentário transfóbico durante live; entenda

A cantora afirmou que tem prestado mais atenção em seus erros e tem tentado aprender. "Queria aproveitar esse momentinho da live, desse pico de audiência, para me desculpar por uma brincadeira que foi feita na última live. Todo mundo já sabe o que aconteceu. Eu não vim aqui para me justificar sobre nada porque não tenho razão nenhuma. Presto muito atenção nos meus erros e tenho tentado aprender cada vez mais e me consertar", disse na live.

Além de se desculpar, a rainha da sofrência convidou a modelo trans Alice Felis para falar sobre a transfobia e comentar sobre seu caso. A jovem foi brutalmente espancada em seu apartamento no Rio de Janeiro e tem feito um trabalho de conscientização muito importante sobre o preconceito. As informações são SBT.

Sobre o episódio

 

Tudo começou quando Marília contou a história de um de seus músicos, que teria ido a uma boate LGBTQIA+ em Goiânia. A equipe da cantora começou a rir. "Disse que lá foi o lugar em que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber", falou ela.

Os músicos e Marília dão a entender que ficaram desconfiados de que a mulher seria transexual e o músico logo "se defende": "Era mulher mesmo, porra".