PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Mesmo sabendo que era filmado, homem espanca mulher no meio da rua em Ilhéus

Agressor tem pelo menos dez passagens pela Delegacia Especial de Atendimento a Mulher de Ilhéus

10:44 | 15/10/2020
Nas imagens gravadas por um morador, o agressor e a vítima aparecem conversando encostados em um carro (Foto: Reprodução)
Nas imagens gravadas por um morador, o agressor e a vítima aparecem conversando encostados em um carro (Foto: Reprodução)


Um homem identificado pela Polícia como Carlos Samuel Freitas Costa Filho espancou uma mulher com socos no rosto em Ilhéus, no Sul da Bahia. Um vídeo mostrando o momento do ataque viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira, 14. Contudo, não se sabe a data em que o episódio ocorreu.

Nas imagens gravadas por um morador, o agressor e a vítima aparecem conversando encostados em um carro. A mulher pede por diversas vezes que Carlos saia.

“Me solte e vá embora. Você acha que porque você é amigo de polícia... Eu vou dar queixa de você aqui, minha boca está do jeito que está”, disse a mulher.

De acordo com informações da TV Bahia, a vítima optou por não registrar Boletim de Ocorrência contra o agressor, o que foi feito independente de sua vontade, segundo a Polícia informou.

Ainda de acordo com os órgãos de segurança, essa é a 11ª ocorrência registrada na Delegacia Especial de Atendimento a Mulher de Ilhéus (Deam) contra Carlos Samuel, que já foi intimado a depor sobre o caso, mas ainda não foi localizado.

Nas imagens, o homem chega a ameaçar a pessoa que está gravando, chamando para a briga. “Cadê o homem que você disse que vai descer? Cadê ele? Manda ele descer que eu quero ver”.

A vítima pede para que o homem não desça e diz que ele não está armado. “Desça não moço, ele não tem nada. É um zé ruela, não tem nada”.

Logo depois, ela volta a pedir para que o agressor deixe o local, mas não é atendida.

“Acabou. Desencosta de mim, pegue sua moto e vá embora. Vá embora, eu vou dar queixa de você”, implorou a vítima.

Carlos então a agride com uma sequência de socos no rosto. Após o ataque, o agressor deixa o local enquanto é xingado e chamado de covarde por pessoas da vizinhança.

Ao Correio, a assessoria da Polícia Civil informou que a equipe da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher de Ilhéus "tomou conhecimento do vídeo e vai realizar a apuração".

Do Correio 24 horas para a Rede Nordeste

Atenção: Imagens Fortes