PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Pai é suspeito de matar filho de três anos e transmitir crime por videochamada à mãe da criança

A morte do menino foi constatada ainda na ambulância, a caminho do hospital da cidade. Ele teve várias perfurações, de acordo com o Samu

11:02 | 10/09/2020

Homem de 24 anos é suspeito de matar seu filho de três anos a facadas e transmitir o crime para a mãe da criança por videochamada, no interior de Minas Gerais, na madrugada da última segunda-feira, 7. A situação teria acontecido após a ex-companheira do agressor ter negado reatar seu relacionamento com o suspeito, que chegou a ameaçar a mãe da criança pelo telefone. As informações são do portal O Tempo.

O crime aconteceu na casa da avó paterna da criança, que ainda tentou tirar o neto do colo do pai quando ouviu o diálogo do homem com a mãe. Ele era usuário de drogas e parecia estar sob efeito de entorpecentes, conforme relatou a mãe do suspeito.

O pai foi preso em condição de flagrante e apresentava perfurações no abdômen e arranhões no peito, de acordo com boletim policial. Ele passou por um procedimento cirúrgico e está entubado em um hospital da cidade, com suspeita de Covid-19.

O menino teve várias perfurações no peito, braço, costas e axilas, de acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A morte dele foi constatada ainda na ambulância, a caminho do Hospital Regional de Betim, cidade onde o crime aconteceu.

Na hora da ocorrência, outras três crianças estavam na casa: duas gêmeas de nove anos e um garoto de três anos. A família dormia no momento do crime. O homem responderá por ameaça e homicídio qualificado, conforme explicou uma fonte da Polícia Militar ao jornal O Tempo.