PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Após duas horas, mulher mantida refém em estação do metrô de São Paulo é libertada

Uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar (PM) da cidade foi acionada para atender a ocorrência

22:30 | 08/09/2020

Uma mulher foi mantida como refém, com uma faca no pescoço, dentro da estação Adolfo Pinheiro do metrô, em São Paulo, na tarde desta terça-feira, 8. Um homem a fez de refém por duas horas, quando foi liberada. Durante a ação, uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar (PM) da cidade foi acionada para atender a ocorrência. As informações são do portal G1.

Segundo informações iniciais da PM, ainda não há conhecimento sobre os motivos do crime. O homem não teve a identidade divulgada e teria problemas mentais. Segundo a PM, quatro viaturas do Gate e uma dos bombeiros foram ao local atender a ocorrência

A estação Adolfo Pinheiro integra a linha 5- Lilás e fica localizada na região do Alto da Boa Vista, em Santo Amaro, na Zona Sul da capital paulista. De acordo com o Metrô, a estação ficou fechada por causa da ocorrência, mas a Linha 5-Lilás operou normalmente, sem prejuízo para os usuários.