PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Bares, restaurantes e salões de beleza reabrem em São Paulo a partir de segunda-feira, 6

Integrando a fase 3, os serviços de salões de beleza, bares e restaurantes na cidade de São Paulo devem limitar a capacidade e reduzir o horário de funcionamento

Lillian Santos
20:33 | 04/07/2020
Em transmissão virtual, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, assinou o protocolo que permite a reabertura de serviços da fase 3 a partir de segunda-feira, 6 (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Em transmissão virtual, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, assinou o protocolo que permite a reabertura de serviços da fase 3 a partir de segunda-feira, 6 (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Foi assinado neste sábado, 4, o protocolo que libera o funcionamento de salões de beleza, bares e restaurantes na cidade de São Paulo a partir de segunda-feira, 6. Na cerimônia que teve transmissão virtual, o documento foi assinado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) e por representantes de setores comerciais. Os estabelecimentos liberados são classificados na fase 3 do plano de retomada, chamada de fase amarela, podendo retornar com o atendimento presencial, mas com redução de horário e limitação de capacidade.

Na categoria, os serviços que integram a fase 3 - amarela devem funcionar durante o dia por até seis horas e com 40% da capacidade máxima, além de manter as medidas já conhecidas de prevenção, como distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas e uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) por funcionários.

Os ambientes climatizados deverão ser higienizados. Para os bares e restaurantes, temperos e condimentos deverão ser oferecidos em sachês, o consumo deve ser sentado, limitando seis pessoas por mesa, estas distantes de 2 metros uma da outra e as cadeiras afastadas em 1 metro.

Leia tambémFase 3 do isolamento no Ceará libera espaços públicos sem aglomeração e mantém proibidos restaurantes à noite e barracas de praia

Cada estabelecimento é obrigado a disponibilizar álcool em gel e máscaras extras aos funcionários.