PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Bolsonaro bloqueia Kaique Brito, influencer nordestino de 15 anos, no Twitter

"Os dias de glória chegaram", brincou Kaique Brito. Jovem criador de conteúdo é morador da periferia de Salvador e conhecido pelas postagens bem humoradas e politizadas

17:22 | 15/06/2020
Kaique Brito é famoso nas redes sociais pelas dublagens que faz de político e famosos — entre eles, Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução / Twitter)
Kaique Brito é famoso nas redes sociais pelas dublagens que faz de político e famosos — entre eles, Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução / Twitter)

O estudante e influencer baiano Kaique Brito, de 15 anos, morador da periferia de Salvador, foi bloqueado pelo presidente Jair Bolsonaro no Twitter, rede social de preferência do político. Foi o próprio adolescente quem comentou o caso — ele postou um vídeo brincando com a situação, mas afirmou em entrevistas que considera absurdo o ato do chefe do Executivo federal.

Kaique faz sucesso nas redes sociais ao compartilhar vídeos irônicos dublando falas controversas de políticos e anônimos. Ele é um dos destaques do Brasil no app TikTok. Bolsonaro é uma das maiores "vítimas" dessas imitações do garoto, o que teria motivado o bloqueio.

LEIA MAIS | Presidente pode bloquear usuário de Twitter em sua conta pessoal, diz Aras

"Fico me perguntando o que se passa pela cabeça do presidente. Sou um adolescente de 15 anos. Que mal eu poderia fazer para ele? Assim como outros usuários do Twitter e do Instagram, faço comentários nas postagens e algumas dublagens dos discursos dele. Eu não lembro o que ele escreveu, mas eu comentei: “Aleluia, arrepiei’’ (frase usada por Rafa Kalimann dentro da casa do “Big Brother’’). E ele, simplesmente, me bloqueou. Sinceramente, acho um absurdo o presidente bloquear as pessoas de sua rede social. Se eu pudesse conversar com ele, falaria para levar mais a sério o cargo que ocupa e o mandaria ir trabalhar. Porque não é possível que no meio de uma pandemia ele esteja se comportando como um adolescente inconsequente", disse Kaique em entrevista ao jornal Extra

Após o bloqueio, o jovem ironizou o presidente. Em postagem no Twitter ele disse "os dias de glória chegaram" e, em seguida, fez diversas poses para comemorar o momento.

Do Correio via Rede Nordeste