PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Apoiadores do Governo contrariam Bolsonaro e afirmam que vão às ruas neste domingo, 15

Depois do pronunciamento do presidente na noite de ontem, 12, a hashtag #DesculpeJairMasEuVou chegou aos assuntos mais comentados do Twitter

10:07 | 13/03/2020
A hashtag #DesculpeJairMasEuVou chegou aos assuntos mais comentados do Twitter.
A hashtag #DesculpeJairMasEuVou chegou aos assuntos mais comentados do Twitter. (Foto: Reprodução/ Twitter)

Após recomendação de Jair Bolsonaro (sem partido) em live semanal no Facebook e em pronunciamento nacional veiculado na TV e no rádio, influenciadores e apoiadores bolsonaristas decidiram contrariar o conselho do presidente. Por meio das redes sociais, os militantes favoráveis ao governo incentivaram a manutenção das manifestações do próximo domingo, 15, com a hashtag #DesculpeJairMasEuVou. O assunto ficou entre os mais comentados do Twitter na noite de ontem, 12. 

A hashtag #DesculpeJairMasEuVou chegou aos assuntos mais comentados do Twitter.
A hashtag #DesculpeJairMasEuVou chegou aos assuntos mais comentados do Twitter. (Foto: Reprodução/ Twitter)

Uma das principais recomendações em meio ao aumento de casos de coronavírus no Brasil é evitar aglomerações. "O que nós devemos fazer agora é evitar que haja uma explosão de pessoas infectadas. Porque os hospitais não dariam vazão. O sistema não suporta. Daí, problemas acontecem", disse Bolsonaro em live no Facebook. Entre os membros do governo que declararam apoio à manutenção dos protestos está o deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ).