PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

"Não é trote", diz criança de 11 anos em ligação para a PM depois de ver a mãe sendo esfaqueada pelo pai

No momento da ocorrência, o menino estava junto de dois irmãos e chorava pedindo ajuda. O pai foi encontrado ao lado da cama

09:00 | 19/12/2019

Um garoto de 11 anos de Cuiabá, no Mato Grosso, presenciou sua mãe sendo esfaqueada pelo pai e tomou a decisão de ligar para a Polícia. Temendo não acreditarem nele, o garoto disse, ao ser perguntado sobre a veracidade do fato, em ligação para Centro Integrado de Ocorrências e Segurança Pública (Ciosp): "Meu Pai está agredindo minha mãe. Não estou passando trote, por favor, me ajuda".

Segundo a Polícia Militar repassou ao G1 Mato Grosso, no momento da ocorrência o menino estava junto de dois irmãos e chorava pedindo ajuda. Os agentes de segurança então seguiram para a residência e encontraram a mãe dos meninos deitada na cama sangrando e com vários ferimentos. Ela estava ferida na região do abdômen. O caso ocorreu na madrugada do último sábado, 14.

O pai, Carlos Fernando da Silva, 38, foi encontrado ao lado da cama observando a vítima. Ele foi preso em flagrante e junto com ele foi apreendida uma faca, que estava jogada no chão do quarto. No momento da chegada dos policiais, as crianças estavam escondidas atrás de um sofá da casa. Os pequenos foram entregues para a avó.

A mulher foi levada ao Hospital Municipal de Cuiabá. O estado de saúde dela não foi divulgado. O caso está a cargo da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (DEDM).