PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Rio: dois homens são mortos e 23 presos em ação contra o tráfico

18:51 | 08/11/2019

A Polícia Civil realizou hoje (8) uma grande operação contra o tráfico de drogas nas comunidades Santa Lúcia, Rodrigues Alves e Parada Angélica, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense (RJ). A operação, batizada de Cerberus, envolveu 300 policiais de diversas delegacias especializadas.

Na ação, dois homens morreram em confronto com os policiais civis e 23 foram presos e encaminhados para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Os mandados de prisão foram expedidos pela Vara Criminal de Duque de Caxias.

Na mitologia grega, Cerberus, era um monstruoso cão de três cabeças que guardava a entrada do mundo inferior, o reino subterrâneo dos mortos, deixando as almas entrarem, mas jamais saírem.

A investigação coordenada pela Delegacia Policial de Imbariê demonstrou que, além do tráfico de drogas armado, a organização criminosa também fomentava a prática de roubos de cargas, veículos, estabelecimentos comerciais, a coletivos e a transeuntes com a finalidade de aumentar o lucro e permitir a continuidade dos domínios das diversas favelas situadas em Duque de Caxias, bem como a expensão territorial de atuação da facção criminosa Comando Vermelho.

O trabalho de inteligência demonstrou a estratégia do tráfico de drogas no roubo de cargas com esquemas elaborados de distribuição, uma vez que a região investigada é rota de várias transportadoras de cargas.

O titular da delegacia de Imbariê, Tulio Pelosi, disse que a investigação começou com o aumento dos crimes na região, principalmente o roubo de cargas, que eram levadas para as três comunidades, por ficarem próximas da Rio-Petrópolis e Rio-Magé. Numa segunda fase, a polícia vai investigar os receptadores de cargas roubadas na Baixada Fluminense.