PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Prefeito de Salvador anuncia Bienal na Bahia: "proibido censurar"

"Aproveitamos uma oportunidade que não poderia ser desperdiçada. [...] Teremos uma Bienal em Salvador do jeito que é o povo baiano, sem nenhum tipo de censura ou restrição à produção literária", afirmou ACM Neto

09:25 | 11/09/2019
=
= (Foto: Fernando SOUZA/AFP)

ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador, anunciou que a Cidade receberá uma Bienal do Livro em 2020. A declaração aconteceu durante assinatura de contrato com a empresa G.L Events, que ficará responsável pela gestão do novo Centro de Convenções, com inauguração prevista ainda para dezembro. Os mesmos organizadores da Bienal do Rio de Janeiro serão responsáveis pelo evento. As informações são da Folha de São Paulo.

Desde 2015 o Centro de Convenções da Bahia está interditado, devido a problemas de manutenção que ocasionaram a queda de um dos pavilhões. Por isso, pela falta de espaço para comportar um evento dessa magnitude, desde 2013 não havia mais bienal na Cidade. 

Durante assinatura de documento, ACM Neto aproveitou para criticar a atitude de Marcelo Crivella (PRB) na Bienal do Rio de Janeiro, afirmando que o prefeito "agiu de maneira equivocada", endossando que na bienal de Salvador não haverá censura. “Aproveitamos uma oportunidade que não poderia ser desperdiçada. [...] Teremos uma Bienal em Salvador do jeito que é o povo baiano, sem nenhum tipo de censura ou restrição à produção literária”, afirmou.

Entre as obras censuradas no Rio estava Vingadores - A Cruzada das Crianças, história em quadrinhos que possui ilustração de dois super-heróis se beijando. "Somos a cidade da diversidade. Aqui é proibido censurar", declarou o prefeito baiano por meio de rede social.