PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Polícia investiga morte durante operação no Complexo da Maré

Agência Brasil
14:34 | 07/09/2019

A Delegacia de Homicídios, no Rio de Janeiro, instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias da morte de Pedro Sousa. O morador do Complexo da Maré, na zona norte da cidade, foi baleado dentro de casa durante uma operação da Polícia Militar (PM) na tarde de ontem (6).

De acordo com a Polícia Civil, a delegacia busca testemunhas e imagens que possam ajudar a esclarecer as circunstâncias da morte.

A PM não se pronunciou sobre a morte de Pedro Sousa. Por meio de nota, a corporação informou que o Comando de Operações Especiais entrou na comunidade para apoiar uma operação da Polícia Federal para fechar uma rádio clandestina e reprimir o tráfico de drogas e o roubo de cargas.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse hoje (7), durante o desfile da Independência, que a morte de Pedro Sousa será investigada como todas as outras.

“Nós não temos bandido de estimação. Quem quer que seja que possa ter causado a morte vai ser investigado e punido. Todas as pessoas que têm sofrido com a violência estão tendo atendimento do estado.”

Ainda de acordo com a PM, três pessoas foram presas e duas armas foram apreendidas durante a operação no Complexo da Maré. Também foram encontrados 200 quilos de maconha e 500 munições de calibre .40.

Vila Kennedy

Na última terça-feira (3), outra pessoa foi morta durante operação policial na comunidade da Vila Kennedy, na zona oeste do Rio de Janeiro. O pedreiro José Baía trabalhava em uma laje da comunidade quando foi baleado. A Polícia Civil informou que fará a reconstituição do crime.