PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

De 'alemão' a 'fujão de casa': as loucuras dos fãs de Sandy e Junior no Recife

Vindos de várias partes do Brasil e do mundo, fãs da dupla marcam presença em frente ao Classic Hall, em Recife. Na semana seguinte, dia 19 de julho, os dois passam por Fortaleza.

22:44 | 12/07/2019
Fãs estão acampados na frente do Classic Hall desde as primeiras horas desta sexta-feira (12). (Foto: Reprodução TV Jornal)
Fãs estão acampados na frente do Classic Hall desde as primeiras horas desta sexta-feira (12). (Foto: Reprodução TV Jornal)

Loucura de fã é difícil de entender. Viagens longas, noites em claro ou dormidas em locais inusitados, gastos e mais gastos, acampar na fila. Até sair de um país para outro só pra ver o show. O que você faria para ver um ídolo? Histórias com capítulos assim podem ser contadas por fãs de Sandy e Júnior. A dupla se reúne após 12 anos de separação para a turnê Nossa História que celebra os 30 anos de carreira dos irmãos. O show de abertura será no Classic Hall, na noite desta sexta-feira, 12, e a fila em frente ao local vai se formando desde às 5h. Na semana seguinte, dia 19 de julho, os dois passam por Fortaleza, realizando show no Centro de Eventos do Ceará.

A turnê Nossa História começou para os fãs com muita história para contar.

Acampamento

A aventura da designer Danielly Melo, 27 anos, de Cachoeirinha, no Agreste, começou na noite da quinta-feira (11). Ela chegou ao Classic Hall com barraca e disposta a acampar, mas foi barrada pela segurança do local. “Mainha nem sabe que eu estou aqui. O plano era acampar, trouxe barraca, tudo, mas o pessoal me barrou. Fui para a casa de uns amigos, passei a noite acordada checando as hashtags deles, do show quando vi que já tinha gente por aqui de novo, eu voltei”, contou. Esta é a segunda vez que ela vai ver a dupla ao vivo. A primeira foi em 2007, no último show antes de Sandy e Junior se separarem, em Caruaru.

Até que a morte nos separe

Deslocamento, ingressos, hospedagem, são alguns dos custos com que os fãs dispostos a tudo precisam arcar. E às vezes os não tão fãs assim acabam embarcando junto. É o caso de Jamilley Lima, 25, e Hermínio Borges, 28, de Fortaleza. Ela é fã de Sandy e Junior e ele é marido dela. Para realizar o sonho de Jammiley, Hermínio se empenhou junto com a esposa desde a compra de ingressos até o momento de encarar um dia quente no Recife, na fila que vai se formando mais de 15 horas antes do show. Calculando rapidamente, o casal já contabiliza mais de R$ 3 mil em gastos para ver Sandy e Junior em dois shows - Recife e Fortaleza.

Fã ostentação

Mas tem gente que prefere nem calcular. Iure Silva, 31, economista, de Vitória da Conquista, na Bahia, resolveu investir sem poupar e vai assistir a cinco apresentações da turnê Nossa História. Ele comprou ingressos para o show desta sexta, no Recife, do próximo sábado (13), em Salvador, do dia 21 de setembro em Porto Alegre e as duas apresentações finais, nos dias 12 e 13 de outubro, em São Paulo.

“Infelizmente só vi Sandy e Junior uma vez e por isso agora eu resolvi ir em tantos shows. Assim que eu soube que a turnê era real, resolvi que eu ia tentar comprar para o máximo de shows que eu pudesse ir. A maioria dos ingressos eu comprei na pré-venda. Foi difícil, mas não tanto quanto o pessoal que teve que comprar para a venda geral. Nem parei pra fazer as contas. Pensei ‘não vou poupar gastos, eles nem devem se reunir novamente’.Estou em uma mini-tour pelo Brasil agora também”, disse. Para entrar nessa empreitada, Iure dividiu as férias do trabalho em três períodos.

Internacional

De mais longe ainda veio Elcio Lima, 29. O chefe de recepção veio da Alemanha para o Brasil apenas para ver o show de Sandy e Junior. Ele é recifense, mas mora fora há 14 anos. Assim que soube do show, ficou em contato com pessoas no Brasil e, ao garantir o ingresso, comprou a passagem. “Vim só por causa do show. Quando venho, normalmente para visitar minha família, fico cerca de duas semanas. São 14 horas de voo e isso não é pouco, além do dinheiro também que também não é pouco, mas vai valer a pena. O último show que vim foi aqui no Recife e consegui entrar até no camarim”, lembrou. Elcio chegou ao Recife na última segunda-feira (8) e retorna para a Alemanha no sábado (13).

Abertura dos portões

A assessoria do Classic Hall informou que, por volta do meio-dia, os fãs que estão no local já poderão seguir para os locais de fila de cada setor para os quais compraram ingresso. A abertura dos portões, porém, só poucas horas antes do início da apresentação.

Horários de abertura dos portões:

17h - Entrada do público que adquiriu o Pacote Gold.

18h30 - Horário do Soundcheck, a passagem de som, exclusivo para o Pacote Gold.

19h30 - Horário de abertura para o público em geral.

21h30 - Horário do show

 Carolina Fonsêca, do Jornal do Commercio