PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Torcedores chegam cedo ao estádio para o jogo Colômbia x Chile

18:01 | 28/06/2019

As ruas ao redor da Arena Corinthians, na zona leste da capital paulista, já estão bloqueadas para o jogo desta noite entre Colômbia x Chile. O jogo tem início às 20h e vale pelas quartas-de-final da Copa América.

A melhor forma de chegar à Arena Corinthians é de metrô ou utilizando o trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), descendo na estação Corinthians-Itaquera. Carros não poderão entrar na área de bloqueio.

Aos poucos, os torcedores começam a chegar ao estádio. Alguns bem cedo, antes mesmo da abertura dos portões. É o caso do torcedor colombiano Ruben Ospina, 45 anos, que veio de Cali, na Colômbia, para torcer por sua seleção, a única que venceu todos os jogos da primeira fase.

“A Colômbia vai ganhar, claro”, disse Ospina. “Estamos invictos. Não tomamos gol. Estamos jogando bem e é uma das melhores seleções [da Copa América] junto ao Chile e Uruguai. A Argentina está muito decaída, não só o Messi. E o Brasil, o melhor jogador que tem não está no campeonato. Hoje vamos eliminar o Chile.” Ele aposta em uma vitória por 2 a 1.

O chileno Claudio Díaz, 47 anos, veio de Santiago do Chile para assistir a Copa América. Para ele, o jogo hoje será “duro, apertado”. “A seleção colombiana vem jogando muito bem, mas o Chile joga melhor assim. Vamos ganhar de 2 a 1, em uma partida apertada”, destacou.

Nem Ospina e nem Díaz acreditam que a partida possa ir para os pênaltis, repetindo o que ocorreu ontem com a seleção brasileira, que derrotou o Paraguai e avançou para as semifinais. Mas ambos acreditam que suas seleções avançarão até as finais da Copa América, onde podem enfrentar as seleções do Brasil ou Argentina.

“Esperamos o Uruguai para chegar até a partida final, que será contra a Argentina ou o Brasil”, disse o torcedor colombiano. Já torcedor chileno, aposta em uma final entre Chile e Brasil. “E vamos ganhar dos brasileiros também”, disse, rindo.

A Colômbia venceu suas três partidas da primeira fase, sem levar gols. O Chile se classificou com duas vitórias, uma delas de goleada sobre o Japão, mas com uma derrota para o Uruguai, por 1 a 0, que s tirou da liderança do grupo C.

Agência Brasil