PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Tempo real: Brasil e Austrália jogam pela Copa do Mundo feminina

Se vencer, o Brasil praticamente garante a classificação para as oitavas de final da competição

12:39 | 13/06/2019
Seleção feminina é apenas a oitava favorita ao título mundial
Seleção feminina é apenas a oitava favorita ao título mundial (Foto: Jean-Pierre Clatot/AFP)

Depois de vencer a Jamaica por 3 a 0 na estreia da Copa do Mundo feminina, realizada na França, a seleção brasileira joga nesta quinta-feira, 13, às 13 horas, contra a Austrália.

Confira o tempo real de Brasil e Austrália:

Se vencer, o Brasil praticamente garante a classificação para as oitavas de final da competição. Para a Austrália, considerada uma das seleções mais fortes da Copa do Mundo, uma derrota pode significar uma eliminação (na estreia as australianas perderam por 2 a 1 para a Itália).

Para tentar a vaga, a seleção brasileira conta com o reforço da craque Marta, eleita por seis vezes a melhor jogadora do mundo. Desfalque na estreia contra a Jamaica, Marta se recuperou de uma lesão muscular na coxa esquerda e está confirmada como titular do time. Outro destaque da seleção é a artilheira Cristiane, que marcou os três gols da vitória contra a Jamaica.

Para vencer e recuperar da surpreendente derrota contra a Itália, a Austrália conta com os gols de Sam Kerr. Capitã da equipe, a atacante marcou o único gol da Austrália na competição. Kerr contabiliza 32 gols com a camisa da seleção.

A arbitragem do jogo ficara ao cargo da suíça Esther Staubli. Ela será auxiliada pela inglesa Sian Massey e pela suíça Susanne Kung. A responsável pelo VAR será a alemã Bastian Dankert.

No histórico de confrontos, o Brasil leva vantagem perante a Austrália. Em jogos oficiais, foram duas vitórias das brasileiras contra uma das australianas. As três partidas foram em Copas do Mundo Em 2007, o Brasil eliminou a Austrália nas quartas de final com uma vitória por 3 a 2. Em 2011, o Brasil venceu, na primeira fase, por 1 a 0. Em 2015, foi a vez do troco da Austrália. Nas oitavas de final, elas derrotaram o Brasil por 1 a 0. O resultado culminou na eliminação da seleção brasileira da competição daquele ano.

Agência Brasil