PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Operação do Rio para a Copa América dá destaque à Chile e Equador

16:09 | 13/06/2019

A prefeitura do Rio apresentou hoje (13) o esquema de operação da cidade para o período da Copa América de 2019. O planejamento envolve principalmente a região do Maracanã e o entorno da Praça Mauá, no centro, onde ocorrerá a Fan Fest. Também fazem parte do esquema os pontos turísticos, aeroporto, rodoviária, entre outros locais.

O confronto entre Chile e Equador foi apresentado com destaque. Será a terceira partida da competição que ocorrerá no Maracanã e está marcada para o dia 24 de junho, uma segunda-feira às 20h. De acordo com Rodrigo de Castro, subsecretário de Promoção de Eventos da Prefeitura do Rio de Janeiro, foram vendidos 38,9 mil ingressos para a partida e a estimativa é de um público de 60 mil.

"É o jogo que mais nos chama a atenção na primeira fase. Vai acontecer muito próximo do horário de rush que a cidade vive em um dia de semana normal. A partir das 18h, teremos [tanto] o deslocamento do público que vai ao jogo como das pessoas que saem de seus locais de trabalho em direção às suas casas", disse Castro.

A cidade espera receber cerca de 220 mil turistas durante toda a competição, que começa amanhã (14). O Maracanã sediará cinco jogos. Além de três partidas da primeira fase, o estádio será palco de um confronto das quartas de final e da grande decisão, que ocorrerá em 7 de julho.

Comprovante de residência

Algumas vias no entorno do Maracanã e da Praça Mauá serão interditadas durante as atividades e os moradores desses locais devem se lembrar de levar consigo o comprovante de residência. "Nos trechos bloqueados, os moradores terão acesso mediante apresentação de um comprovante de residência. Isso já foi testado em outro modelos de evento, como o Rock in Rio. Nós fazemos orientações prévias em que os moradores são orientados", disse Rodrigo de Castro.

A prefeitura também alerta que as áreas onde são proibidas estacionar serão ampliadas. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) estará atuando com seis reboques e 85 agentes de trânsito. A recomendação aos torcedores é para que usem metrô e trem. "O que pretendemos, com o nosso planejamento, é que quem seguir essa recomendação tenha o máximo de conforto na chegada e na saída do estádio", diz Joaquim Diniz, diretor de operações da CET-Rio.

Assim como ocorreu na Copa do Mundo de 2014, o município acredita que muitos torcedores, principalmente chilenos e argentinos, vão viajar de motorhomes acompanhando suas seleções pelas cidades onde os jogos ocorrerem. Para tanto, um espaço do Sambódromo foi reservado para estes veículos.

Além do jogo entre Chile e Equador, o Rio de Janeiro receberá na primeira fase os duelos entre Paraguai e Catar e entre Bolívia e Peru. Para ambos, não foi divulgado o volume de bilhetes vendidos, apenas o público estimado que é de 35 mil. Em relação ao confronto das quartas de final e à decisão da competição, a operação será melhor desenhada quando se souber as seleções classificadas. Existe a possibilidade de que a partida das quartas de final tenha Brasil ou Argentina ou mesmo um confronto entre as ambas as seleções.

Fan Fest

Todos os jogos da Copa América serão transmitidos no telão da Fan Fest, instalado no Boulevard Olímpico, no centro do Rio de Janeiro. Além da exibição dos jogos, shows de Xande de Pilares, Thiago Martins, Ludmilla, Bochecha, Diogo Nogueira e Iza estão incluídos na programação, respectivamente, nos dias 14, 18, 22, 27 de junho e 2 e 7 de julho. 

As datas coincidem com as partidas do Brasil na primeira fase e com possíveis confrontos da seleção brasileira nas fases finais. Mesmo que a classificação não ocorra, as atrações estão mantidas. Elas ocorrerão sempre antes e após a transmissão, dependendo do horário das partidas. Para atender a evento, a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) destacou 324 garis. Já para o entorno do Maracanã serão 192 garis.

Agência Brasil