PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Gripe já matou 222 pessoas no Brasil em 2019

Mortes por causa da Influenza H1N1 representam 66,6% desse total

18:47 | 12/06/2019

O vírus da gripe já matou 222 pessoas neste ano no Brasil. Os dados são os mais recentes divulgados pelo Ministério da Saúde, conforme balanço feito até 25 de maio. Houve queda no número de óbitos no comparativo com igual período de 2018, quando 335 mortes foram registradas.

A maior parte das mortes deste ano foi causada pelo subtipo A (H1N1): 148, representando assim 66,6% do total de óbitos. No ano passado, 218 pessoas (65%) tiveram a vida ceifada em decorrência do H1N1.

No Ceará, segundo a Secretaria da Saúde (Sesa), foram anotadas sete mortes causadas pela Influenza A, até 1º de junho. Frente aos números do ano passado, houve acentuada diminuição dos casos. No mesmo período de 2018, 46 mortes foram causadas pela influenza.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, voltada para o público prioritário, foi encerrada no último dia de maio passado. Até ali, 80% de idosos, crianças, gestantes, profissionais de saúde e professores foram vacinados no Brasil. Depois disso, a imunização foi destinada a toda a população.

Abaixo da meta brasileira (90%), o Ceará havia vacinado até aquele momento 77,7% das pessoas. Com isso, o atendimento mantém-se exclusivo a essa população. Nesta quarta-feira, 10, houve considerável salto do percentual de vacinação do público prioritário e o Estado enfim alcançou a meta estabelecida de vacinação: 90%.

O Povo