PUBLICIDADE
Notícias

Começa a apuração do desfile das escolas de samba de São Paulo

15:35 | 05/03/2019

Começou às 15h10 a cerimônia da leitura das notas atribuídas às 14 escolas de samba do grupo especial de São Paulo, que desfilaram na última sexta-feira (1) e no sábado (2). A apuração está sendo realizada no Sambódromo do Anhembi, zona norte da capital paulista, com a presença do prefeito de São Paulo, Bruno Covas.

Abertura de urnas

As urnas com as notas dos jurados chegaram com escolta policial. Desde 2012, quando um homem invadiu a área restrita e rasgou um dos envelopes, a torcida não pode acompanhar a leitura das notas no Sambódromo. As polícias Civil e Militar informaram que cuidam da segurança na área da apuração e que o monitoramento foi reforçado no entorno do Sambódromo.Notas

Cada escola foi avaliada em nove quesitos: harmonia, samba-enredo, bateria, enredo, fantasia, alegoria, mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente e evolução. Neste ano, a Liga das Escolas de Samba de São Paulo implementou algumas mudanças. Uma delas é a pontuação. Em vez de usar notas em décimos de 8 a 10, os jurados trabalharam com os décimos entre 9 e 10. Passou a valer também um novo critério de desempate. A nota de cada quesito é composta pela somatória das três maiores notas, sendo a quarta (mais baixa) descartada. O que muda é que, caso haja empate entre duas escolas, as notas descartadas voltam a ser consideradas na somatória.

Agência Brasil