PUBLICIDADE
Brasil
Mobilização

Governo monitora risco de nova greve dos caminhoneiros

Categoria considera que os compromissos assumidos pelo Governo Federal na última greve não estariam sendo cumpridos

17:12 | 23/03/2019
NULL
NULL(Foto: )

As movimentações iniciais do que poderá eclodir em uma nova greve dos caminhoneiros estão sendo acompanhadas pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), da Presidência da República.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a categoria considera que os compromissos assumidos pelo Governo Federal na última greve, em 2018, não estariam sendo cumpridos.

O GSI aponta que as articulações partem de grupos de WhatsApp. Ainda assim, o que se fala é que movimento ainda não ganhou força suficiente para ir às ruas e chegar às proporções do que foi feito no ano passado.

O Planalto teme que uma nova paralisação gere outra crise de desabastecimento e atrapalhe a agenda econômica do governo Bolsonaro. Há, também, preocupação quanto a tramitação da reforma da Previdência.

Redação O POVO Online