PUBLICIDADE
Notícias
PERFIL

Conheça a trajetória de Ricardo Boechat, jornalista morto em acidente de helicóptero nesta segunda

Morto em acidente de helicóptero nessa manhã, 11, Boechat foi um dos jornalistas mais importantes do país

13:55 | 11/02/2019
Ricardo Boechat marcou a história do jornalismo no País (Foto: Divulgação/BandNewsFM)
Ricardo Boechat marcou a história do jornalismo no País (Foto: Divulgação/BandNewsFM)

Aos 66 anos, Boechat era um dos principais nomes do jornalismo brasileiro. Além do comando do Jornal da Band, ele era âncora da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ.

Filho de um diplomata brasileiro, Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires, na Argentina, enquanto o pai estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores.
Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, Boechat esteve em jornais como O Globo, O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e O Dia. Na década de 1990, foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. Em 1998, lançou o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história”.

Em 1987, foi convidado por Moreira Franco, governador do Rio de Janeiro na época, para ser titular da Secretaria de Comunicação Social do Estado, cargo em que permaneceu por seis meses.

O jornalista recebeu diversas premiações por seu trabalho, entre elas três Prêmios Esso e nove Comunique-se nas categorias Âncora de TV, Apresentador/Âncora de Rádio e Colunista de Notícia. Pelo acúmulo de troféus Comunique-se, entrou para a Galeria de Mestres do Jornalismo da competição e passou a ser considerado hors-concours em duas categorias: Apresentador/Âncora de Rádio e Colunista de Notícia.

Em 2014 e 2015, foi premiado pela Jornalistas&Cia como Jornalista mais admirado do País. Em 2016, recebeu o Troféu Imprensa como Melhor Apresentador de Telejornal.

O jornalista morreu na queda de um helicóptero na manhã hoje, 11, em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista ao interior. Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto da aeronave também morreu carbonizado. O motorista de caminhão atingido no acidente foi resgatado pelo serviço da concessionária que administra a via.

Redação O POVO Online