PUBLICIDADE
Notícias
TRAGÉDIA NO RIO

Corpos de mais vítimas de incêndio no CT do Flamengo serão enterrados

10:28 | 11/02/2019

Os corpos de mais cinco dos atletas de base que morreram em consequência do incêndio no alojamento do Centro de Treinamento do Flamengo, na última sexta-feira, 8, serão sepultados nesta segunda-feira, 11. O corpo do único nordestino entre os mortos, Áthila Souza Paixão, de 14 anos, vai ser sepultado em Lagarto, em Sergipe.

Dos cinco, apenas um será enterrado no Rio: Samuel Thomas de Souza Rosa, de 15 anos, no período da tarde, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

O corpo de Jorge Eduardo Santos, 15 anos, será levado para Além Paraíba, na Zona da Mata Mineira (MG);  e os de Rykelmo de Souza Viana, de 16 anos, e de Gedson dos Santos, 14 anos, serão enterrados no interior de São Paulo. O primeiro em Limeira, e o segundo em Itararé.

O incêndio, que ocorreu nas primeiras horas da última sexta-feira, teria começado no ar-condicionado do quarto de número seis do Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, na zona oeste da Cidade, e causou a morte de dez atletas da categoria de base do rubro-negro, deixando três feridos, um em estado grave.

Todas as vítimas eram jogadores da categoria de base do time e tinham entre 14 e 16 anos. O fogo destruiu parte dos alojamentos do centro técnico.

Dos dez atletas, cinco foram enterrados, em meio a muita comoção, no domingo: Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14 anos, Bernardo Pisetta, 14 anos, Christian Esmério, 15 anos, Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos, e Vitor Isaías, 15 anos.

O incêndio deixou três atletas feridos: Jonathan Ventura, de 15 anos, que segue internado em estado grave no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio; e os cearenses Cauan Emanuel e Francisco Dyogo, que continuam internados no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, e apresentam em estado de saúde estável.

Agência Brasil