PUBLICIDADE
Notícias

Chefes de facção são levados do Ceará para penitenciária federal no Rio Grande do Norte

09:48 | 09/01/2019
NULL
NULL
[FOTO1]Líderes de facção criminosa no Ceará foram transferidos, na madrugada desta quarta-feira, 9, para a Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, numa ação conjunta entre o governo estadual, o Departamento Penitenciário Nacional e a Polícia Rodoviária Federal. De acordo com o Ministério da Justiça, a ação teve início às 2 horas e foi finalizada às 4h30min.

[SAIBAMAIS]Conforme O POVO noticiou nesta terça, 21 presos foram transferidos. Mesmo detidos, eles são acusados de comandar de dentro das cadeias a onda de ataques e atentados que toma conta das ruas de Fortaleza, Região Metropolitana e cidades do Interior cearense, há oito dias.

As vagas no presídio foram disponibilizadas na última sexta-feira, 4, mas a transferência só foi efetivada após definições dos presos e pedidos feitos pelo Estado. A transferência envolveu ainda o Ministério Público e o Poder Judiciário do Ceará, além da Justiça Federal de Mossoró.

A partir do presídio federal, os presos serão redistribuídos entre as demais quatro unidades prisionais do Ministério da Justiça. “Novas vagas poderão ser deferidas para o Estado”, informou a pasta.

O pedido de transferência foi feito pelo Governo do Ceará em meio a uma onda de violência que atinge mais de 40 municípios, incluindo a Região Metropolitana de Fortaleza.
 
Na manhã desta quarta-feira, 9, o governador Camilo Santana anunciou que 215 suspeitos de participação nos ataques já foram presos ou apreendidos

Acompanhe a cobertura da onda de ataques no Instagram do O POVO
 
Redação O POVO Online
Com Agência Brasil
TAGS