PUBLICIDADE
Notícias
VIOLÊNCIA

Irmã do assassino de Eloá é atingida por tiros em SP

Polícia não considera tentativa de homicídio como vingança pelo crime de Lindemberg

11:14 | 25/01/2019

Lindomar Fernandes Alves, 48, foi atingida por três tiros quando ia para o trabalho nessa quarta-feira, 25, por volta de 5h20min. A tentativa de homicídio ocorreu em Santo André, cidade da região metropolitana de São Paulo. A atendente é irmã de Lindemberg Alves, condenado pela morte de Eloá Pimentel, em 2008.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP) informou ao jornal Folha de S. Paulo que Lindomar foi atingida na cabeça, no tórax e no pescoço, mas seu estado de saúde é estável. De acordo com fontes envolvidas na investigação do caso ouvidas pela Folha, a Polícia não leva em consideração uma vingança pelo assassinato de Eloá.

Há dez anos, Eloá Pimentel, aos 15 anos, e sua amiga Nayara Silva ficaram reféns de Lindemberg no apartamento onde a adolescente morava. O jovem assassinou a adolescente depois de quase cinco dias de cárcere privado. Nayara levou um tiro no rosto. Lindemberg foi condenado a mais de 90 anos de prisão.

Redação O POVO Online