PUBLICIDADE
Notícias
JUSTIÇA

Jovem acusado por engano de assassinato é solto no Rio

Câmera de vídeo mostrou que ele estava próximo de casa na hora do crime

13:30 | 24/01/2019
Família de Leonardo comemora a soltura do jovem
Família de Leonardo comemora a soltura do jovem

O jovem Leonardo Nascimento dos Santos, que havia sido preso por engano pela suspeita do assassinato de outro jovem, Matheus Lessa, foi solto no início da madrugada de quinta-feira, 24, do presídio de Benfica, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, ele deixou a unidade à 0h15. Ele estava preso há uma semana depois que testemunhas o apontaram como autor do homicídio.

A família de Leonardo, no entanto, não aceitou a prisão e afirmou que ele estava em casa na hora do crime. Uma câmera em sua rua mostrava que ele chegou em casa antes do homicídio. De acordo com a advogada de defesa de Leonardo, Ingrid Dantas, o jovem foi identificado como suspeito com base em uma foto retirada de suas redes sociais.

Inicialmente, a Polícia Civil não aceitou a defesa dos familiares e manteve o jovem como suspeito. Mas ontem (23), depois de prender outro homem, que confessou o crime, a polícia pediu a soltura de Leonardo e reconheceu o erro. Segundo o pai de Leonardo, Jorge Benjamin, o filho teria sido confundido com o assaltante por ambos terem a "pele escura". As informações são do jornal O Globo.

Matheus Lessa foi assassinado na noite de 15 de janeiro deste ano, durante uma tentativa de assalto ao mercado da família. O jovem estudante de psicologia tentou defender a mãe e foi baleado.

Com informações de Agência Brasil