PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Um dos acusados de matar em Aquiraz dois líderes do PCC se entrega à Polícia

12:20 | 26/10/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
[FOTO1]
Acusado de ter sido um dos responsáveis pelo assassinado de Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e de Fabiano Alves de Souza, o Paca, André Luis da Costa Lopes se entregou na tarde da última quinta-feira, 25, à Polícia Civil de São Paulo, acompanhado de seus advogados. 
[SAIBAMAIS]
No crime contra a dupla, o homem, conhecido como Andrezinho da Baixada, teria ido até a reserva indígena, em Aquiraz, onde os integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) foram executados. Ele é acusado de homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas. 

Em agosto deste ano, a Justiça do Ceará recebeu do Ministério Público do Ceará (MPCE)  a denúncia contra dez acusados de participarem das duas mortes. Até agora, além de Andrezinho da Baixada, só Felipe Ramos Morais foi preso em 14 de maio deste ano. Ele é apontado pelas investigações como piloto do helicóptero que carregou os algozes.

O crime

Gegê e Paca levavam vida de luxo em Fortaleza. Devido a rachas internos na facção, a morte da dupla foi determinada por integrantes da organização criminosa. Na Capital, eles foram levados até reserva indígena, em Aquiraz, e assassinados no dia 15 de fevereiro deste ano. O crime provocou ainda mais divergências entre a cúpula do grupo. À época, um dos envolvidos do planejamento das execuções, o Wagner Ferreira da Silva, conhecido como Cabelo Duro, também foi fuzilado em São Paulo.
 
TAGS